ESTUDO SOBRE "B┌FALOS" x IND═GENAS x SUD=LDS x ADAM ONDI AHMAN

No 19║ sÚculo o bisonte (b˙falo) podia ser encontrado em muitas partes da AmÚrica do Norte e em especial prosperava nas grande

No 19║ século o bisonte (búfalo) podia ser encontrado em muitas partes da América do Norte e era especialmente abundante sobre as Grandes Planícies (**ENTRE AS QUAIS SE INCLUI o vale de ADAM-ONDI-AHMAN... **). Um dos primeiros naturalistas, um Inglês, descreveu os bisontes como "búfalo" e esse transformou-se em seu nome padronizado apesar de que o termo é mais corretamente aplicado a outros tipos de bois selvagens encontrados na Ásia e África.

(**ENTRE AS QUAIS SE INCLUI o vale de ADAM ONDI AHMAN; In 1988 much of the Southwest Region was joined into the Missouri Basin Region and became the Great Plains Region. LDS conviveram com BÚFALOS no Missouri: ... was grazing on both sides of the Missouri in countless ... river; and their warriors are building a great many forts ... Why did the Plains Indians agree to go onto the ... Hunting for Buffalos É ARTIGO DA BBC E arquivo seguinte tem história de famílias LDS Apresenta relatos e explicações sobre o relacionamento entre os ancestrais e os BÚFALOS, que eram abundantes no Missouri: * Não sei porque os LDS "escondem" RELATOS e HISTÓRIAS como sobre o relacionamento deles com os BÚFALOS e com os ÍNDIOS, inclusive com LDS matando BÚFALO: veja longos/detalhados relatos históricos SUD que me pareceram BEM apropriados: *).

 

O búfalo é coberto com cabelo longo, tipo lã marrom escura.. Tem uma cabeça maciça (grande), pescoço curto e ombros altos protuberantes, com tufos na cauda. Quadris (ancas) e traseiros são muito menores e sem cabelo longo, o que dá uma distinta inclinação desde a parte alta até a cauda. Os búfalos completamente desenvolvidos apresentam de 1,50m a 1,80m de altura entre os ombros e podem pesar tanto quanto uma tonelada. Como os outros membros da família do gado, o búfalo come gramas.

O búfalo exerceu um importante papel na vida dos Nativos (Índios dos EUA). Antes da chegada dos Europeus, o búfalo foi caçado a pé (sem cavalos). Cada parte do búfalo era usada (aproveitada). E fornecia aos Índios o alimento (carne), o abrigo (as coberturas das malocas dos Índios com o couro do búfalo), o vestuário (mantos de pele), combustível (estrume seco do búfalo), ferramentas (colheres do chifre e raspadores a partir de ossos), armas (escudos de proteção do búfalo e cordas trançadas) e equipamentos (recipientes do couro cru para armazenar o alimento). Usaram também os pés para fabricarem cola para colagem, transformavam os ossos em ornamentos e as caudas dos búfalos transformavam-se em chicotes contra moscas.

Em 1849 Francis Parkman escreveu: "O búfalo supre os Índios com as necessidades da vida; com habitação, alimento, roupa, camas e combustível, cordas para laçarem, cola, linha, encordoado, cordas de direção para seus cavalos, cobertura para suas selas, vasilhames para armazenar água, barcos para cruzar córregos/rios, e a maneira de fazerem comércio para obter tudo o que eles precisavam de comerciantes. Quando o búfalo se tornar extinto, eles também devem minguar para a extinção."

Na segunda metade do 19║ os europeus (**GENTIOS genéticos, na maioria**), caçadores de búfalos, armados com os rifles poderosos, de longo alcance, começaram a matar o búfalo em grandes quantidades. Caçadores individuais poderiam matar 250 búfalos por dia. Ao redor de 1880 mais que 5.000 caçadores e extratores de couro dos búfalos (**a carne se deixava apodrecer, pois só o couro teve algum valor econômico: foi quando aprenderam a curtir o couro de búfalo**) estavam envolvidos neste comércio. Reivindica-se que a matança do búfalos foi apoiada pelo Exército dos ESTADOS UNIDOS (**a tal da LIMPEZA ÉTNICA RACIAL RELIGIOSA CULTURAL, comum na África e até na ex-Iugoslávia, Palestina, como foram as expulsões dos LDS...**) a fim solapar/minar a sobrevivência dos Índios das planícies

(**lembremo-nos das CAMPANHAS MILITARES OFICIAIS de EXTERMÍNIO = GENOCÍDIO = HOLOCAUSTO contra os Índios, como comandados pelo famoso general-exterminador CUSTER...) e tantos outros, matando até os mestiços com Europeus... E falam mal da maneira como tentamos INTEGRAR (e não EXTERMINAR, CONFINAR) os Índios na vida nacional: caso típico foi o ex-DEPUTADO "FEDERAL" JURUNA (conseguem todos os direitos Nacionais de Brasileiro. Será que tem isso nos EUA ou continuam INDÍGENAS sem cidadania plena? Sem poderem virar SENADORES? Ou generais? Como que imigrantes ILEGAIS?).

Ao redor de 1800 havia ao redor de 60 milhões de búfalos nos EUA. Ao redor de 1890 este número tinha caído a 750. Os Índios das planícies (Arapaho, Blackfeet, Cheyenne, Comanche, Crow, Kiowa, Sioux, Arikara, Mandan, Osage ePawnee) não tiveram agora nenhum meio do sustento próprio (independente) e tiveram que aceitar a política do governo dos EUA de eles irem viver em Reservas Índígenas --à

(sendo tangidos como GADO, em trilhas de dor, frio, fome, morte, brutalidades) para os campos de concentração e extermínio, em terras ruins e apertadas do "TIO SAM". Hoje exporta "know how" como patrocinador do massacre dos PALESTINOS em "campos de concentração/extermínio, em terras ruins e apertadas", como o idealizador da PIRATARIA DECLARADA para tornar o IRAQUE mera COLÔNIA CLÁSSICA administrada por um "CAPACHÃO TESTA de FERRO: DEMOCRATA de fachada", tipo general NORIEGA no Canal do Panamá: um notório corrupto/narco traficante, mas CONVENIENTE... Como foi FERDINAND MARCOS e SURARHTO na Indonésia. Como é a monarquia férrea/rferoz que governa a ARÁBIA SAUDITA com 0% de democracia, lugar mais totalitário que o Brasil no governo Médice/Geisel...EUA é o PATRÃO desde 1945).

No século 20 o búfalo transformou-se uma espécie protegida e agora o número deles é de aproximadamente 80.000.