asininos jumentos
REVISTA VIRTUAL INFORMAÇÕES AGROPECUÁRIAS nlmoraes@yahoo.com Jaboatão - PE

Clique Aqui * Raças de jumentos * Clique aqui * BRIDÕES E FREIOS * MANUAL SABER EQUESTRE Arte de aprender a cavalgar bem Assuntos tratados neste manual: Terminologia - Campo de treino Como montar - Como segurar as rédeas O equilíbrio - Como conduzir Os passos do cavalo - Anatonia do cavalo As pelagens - Instrumentos de manejo Preparo físico - O picadeiro A linguagem dos cavalos Comunicação entre o cavaleiro e o cavalo. Manual virtual, enviamos diretamente para seu email, não há despesas com correios ou envios. O envio será feito no máxino entre 6 a 12 horas após a confirmação do depósito com o banco. R$ 15,00 APOSTILA COMO ESCOLHER O BRIDÃO E O FREIO CERTO PARA SEU CAVALO Nesta apostila mostramos dezenas de bridões e explicamos qual a finalidade de cada um. Ensi- namos como examinar a qualidade da fabricação e os pontos que machucam a boca dos cavalos. Não pense que qualquer bridão serve, para cada função há um tipo certo de bridão. A escolha certa do bridão aumenta o rendimento do seu cavalo na atividade desejada. Apostila eletró- nica, enviamos diretamente para seu email. R$ 15,00 Letra da música ''O JUMENTO É NOSSO IRMÃO'' de Luiz Gonzaga Clique Aqui LENDA Jesus e o jumento

Todos os jumentos têm uma cruz nas costas, muita gente sabe disto, porém, poucos conhecem a lenda. O jumento foi a montaria de Jesus (o menino santo) quando ele era criança... o mesmo jumento assistiu a tragédia do calvário de Jesus Cristo. A lenda conta que o jumento se ofereceu do fundo do coração para carregar a cruz que jesus levava, já que ele era apropriado para carregar pesados objetos. Os guardas não deixaram o jumento carregar a cruz e o manda- ram embora; mesmo assim, teimosamente o jumento permaneceu no lugar vendo o calvário até o fim, pois ele amava Jesus. Como recompensa, o sr. Deus, colocou a marca da cruz nas cos- tas do jumento para o resto da vida, em reconhecimento aos serviços e ao amor prestados a Jesus.
ORIGEM DOS JUMENTOS
Os JUMENTOS eram animais do deserto e viviam em estado selvagem. Eles estão entre os primeiros animais domesticados pelo homem. Ainda hoje podemos encontrar jumentos selvagens na Índia, Irã, Ne- pal, Mongólia e na África.
ORIGEM DOS JUMENTOS para continuar Clique Aqui RAÇA MAMMOTH AMERICANO
George Washington foi um dos criadores de jumentos que mais contribuiu para o desenvolvimento da raça Mammoth Americano. Co- mo criador, George Washington tinha dificuldades em produzir a - nimais de porte para o serviço de transportes. Naquela época os jumentos espanhóis eram os mais procura- dos, mas não havia muita disponibilidade por causa das restrições de exportação por parte da Espanha. G. Washington resolve escre- ver para o rei da Espanha procurando saber da possibilidade de adquirir alguns bons exemplares. O rei responde e envia-lhe como presente dois exemplares da raça Andalusia, durante a longa via- gem um dos jumentos morreu, o outro chegou saudável sendo nomea- do "PRESENTE REAL". Tempos depois, o marquês de Lafaytte enviou para G. Washing- ton um jumento Maltês preto chamado "cavaleiro de Malta" e mais outras jumentas. Estas jumentas foram cruzadas com com o Andalu- sia que foi enviado pelo rei da Espanha, e assim teve o início da fundação da raca Mammoth Americano. Em 1813 o embargo espanhol chegou ao fim e novos exemplares foram importados de Malta, Majorca e Espanha. Em 1830 foram impor- tados jumentos da raça Poitou da França que depois foram utiliza- dos no cruzamento da formação da raça Mammoth. A raça Catalão tam- bém foi usada na criação da Mammoth. Atualmente há aproximadamente 2500 exemplares da raça Mammoth.
CURIOSIDADES
Por ser um animal do deserto o jumento teve que se adaptar a este ambiente, desenvolvendo a capacidade de se manter com uma alimentação grosseira e escassa, situação esta que um cavalo dificilmente suportaria. As orelhas do jumento são desproporcionamente grandes, isto se deve ao fato que no deserto, por falta de alimentação adequada, os jumentos tinham que viver longe um dos outros, as orelhas grandes servem para ouvir sons distantes e assim localizar seus compa- nheiros. O rincho do jumento pode ser ouvido ate 3 ou 4 km de distân- cia, esta é outra maneira que a natureza adaptou o jumento, des- ta forma eles podem se localizar em uma área bem maior. Tem-se atribuído aos jumentos um errôneo comportamento de desobediência e teimosia, o fato é que os jumentos são animais muito inteligentes e dotados de um senso de sobrevivência bas- tante apurado. É preciso ser mais inteligente que os jumentos para saber como lidar com eles. A primeira coisa a, saber, é que os jumentos têm características físicas diferentes dos cavalos, como rapidez e potência inferiores àquelas dos cavalos. Por outro lado, os jumentos são mais resistentes e pacientes que os cavalos e se adaptam melhor aos serviços longos e rotineiros. Os jumentos foram e ainda são usados em todo mundo com meio de transporte de cargas. A idéia que os jumentos são desobedi- entes se deve ao fato que os jumentos têm alto senso de perigo, e assim obrigar que os jumentos tenham uma obediência "cega" ao comando, é perda de tempo. Nao tente fazer o jumento pular obstáculos (como os cavalos), pois os jumentos entendem isto como uma situação de perigo e não a fará bem. A conceito de teimosia dos jumentos, decididamente acontece por falta de conhecimento do comportamento destes animais, da mesma forma como um mecânico que nao sabe consertar um carro e põe a culpa nas ferramentas. Um jumento vive em média 25 anos, há casos raros de 40 anos. Se você cria caprinos ou ovinos, os jumentos são excelentes guardas de rebanho contra ataques de cães, mas tenha cuidado, pois, o jumento só guardará o rebanho se estiver sozinho. Não ponha dois jumentos juntos guardando o rebanho, porque um jumento fará companhia ao outro e esquecerá do rebanho. Se quiser testar para saber se funciona, ponha um jumento num cercado pequeno com um cachorro dentro. Providencie uma saída de emergência para o ca- chorro... finalmente, isto é só um teste. Os jumentos possuem uma grande variedade de cores, sendo a mais comum a marrom claro, apresentam outras cores podem ser marrom escuro, prêto, as vezes ocorre o bicolor (pampa) e muito raramente aparece em tres cores. Há um tipo de jumento que tem cor marrom es- cura e as quatro patas brancas. Outro fato interessante sobre jumentos é a variedade de tamanhos, que variam desde miniatura(90cm) a 1 metro e meio de altura. Os jumentos americanos da raça Jack Mammouth são os gigantes entre os jumentos do mundo. O tamanho miniatura é muito usado em parques de diversões, pois, o temperamento temperamento dócil deste animal se adapta bem com crianças. Há divergências sobre o número total de jumentos existentes no mundo, e no caso específico da China estima-se 11 milhões de jumentos.
CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Reino: Animal Filo: Cordata Classe: Mamífero Ordem:Perissodactyla Genus: Equus Espécie: Asininos
LINKS PROAGRI-APOSTILAS SOBRE CRIAÇÕES DE ANIMAIS PROAGRI - INSTRUMENTOS VETERINÁRIOS PROAGRI - REVISTA VIRTUAL PROAGRI - QUEIJOS ARTESANAIS ABELHAS I ABELHAS II AVES I AVES II AVES III AVES IV AVES V CODORNAS CHOCADEIRAS BOVINOS LEITE I LEITE II CAPRINOS CAPRI-LOJA CAVALOS DE TRAÇÃO FERRADURAS COELHOS HAMSTERS PEIXES VIRTUA TRADING TURISMO MARITIMO GALLOPP PROAGRI - REVENDA SINOS DE BRONZE AGROBRINDES HEAVY DUTY EQUIPMENT MECHANIC Animais Animais HAIR-ON COWHIDES VETERINARY INSTRUMENTS EGG INCUBATORS ONLY FEATHERS SKULL
HOME
1