ZONA INDUSTRIAL

Apresentação

Zona Industrial pretende vir a ser um instrumento para todos os trabalhadores que, individualmente ou como grupo, estão dispostos a fazer emergir do silêncio a que foram relegados os problemas de quem trabalha, pela falta de instrumentos adequados e de uma, ainda que mínima, socialização entre os trabalhadores. Resgatamos, então, e queremos compartilhar a experiência proletária desvinculada dos modelos de partido e de sindicato. Não temos palavras de ordem, partimos das atuais condições dos trabalhadores, procurando singularizar os espaços de conflito social que estão acontecendo e, onde e como for possível, ampliá-los.

Assumimos a tarefa de manter funcionando uma rede operária cuja função é coligar e informar os trabalhadores, sendo um instrumento para as lutas.


ZONA INDUSTRIAL # 2:

Editorial

Este boletim é um ponto de ligação para todos os trabalhadores de Bolonha, independentemente do setor, do regime contratual, da cor da pele, de ser mulher ou homem; para todos: dos contratados por tempo indeterminado aos cooperativados, dos terceirizados aos ambulantes, da linha de montagem ao balcão de supermercado, do call center ao canteiro de obras... todos os proletários.

Chama-se Zona Industrial porque é nos locais de produção que se pode destruir o sistema capitalista; porque a organização do trabalho sob o modelo da indústria avança em todos os setores, aumentando as divisões em categorias; porque não existem mais zonas industriais...

Tem como ponto de partida as condições de sobrevivência e a raiva proletária, em todas as suas manifestações; as lutas e as greves no interior da produção, nas empresas; as auto-reduções nos locais de moradia. Os patrões, como sempre, querem nos dividir, instigando os trabalhadores uns contra os outros, tentando nos imbecilizar e cegar a respeito de nossas condições. Nós, porém, dirigimos nossa raiva contra os patrões e os sindicatos, com seus burocratas e outros lacaios. Os trabalhadores unidos e autonomamente organizados fazem tremer os patrões.

Este boletim é produzido pelo Coletivo Rede Operária. Nossa meta, enquanto coletivo, não é guiar mas incentivar a militância da classe operária, empenhada em resolver seus problemas, através da propaganda, a participação ativa e o debate entre iguais. Convocamos os trabalhadores, encorajando-os a fazer o máximo pela discussão, união e uma boa gargalhada!

Para contatar o Coletivo Rede Operária: e-mail: til4264@iperbole.bologna.it

Tradução livre (resumida e adaptada) feita pelo coletivo de tradutores do Grupo Autonomia.



Biblioteca virtual revolucionária

RETORNAR A PÁGINA ANTERIOR
RETORNAR A PÁGINA PRINCIPAL
1