Este é outro local muito interessante e diferente que já conhecemos. Tivemos muito pouco tempo para visitar a região, apenas um dia e meio. A seguir, contaremos um pouco de nossa experiência nesta aventura.

Foram 22 horas de ônibus até Brasília, seguido de mais 4 horas até Alto Paraiso. De lá seguimos para o município de São Jorge, a porta de entrada para o parque da chapada, por mais 2 horas de ônibus, agora por estrada de chão. Só por aí, você pode imaginar a loucura que fizemos. Portanto, para se chegar até a chapada de ônibus é muito complicado. Você sai de manhã de Brasília e chega às 12 horas em Alto Paraiso, e o próximo ônibus para São Jorge sai somente às 16 horas. Logo, o dia inteiro ficará perdido. Recomendamos que você alugue um veículo em Brasília para fazer este passeio (muitos turistas fazem isto). Devemos lembrar também que os pontos turísticos ficam longe de São Jorge, exceto o parque da chapada. Para você ter uma idéia, para se chegar até o Vale da Lua são 6 km até a entrada, mais uns 2 Km a pé. Por sorte, conseguimos contratar um dos únicos guias da região que tem automóvel (Neto), senão nunca teríamos conhecido as belezas de São Jorge.

O Alto Paraiso é um local muito místico e, também, com muitas belezas naturais. Porém, quem quer conhecer o parque da Chapada dos Veadeiros, recomendamos ficar em São Jorge. Lá tem belas pousadas e ótimas refeições, também. Para visitar o parque é necessário estar acompanhado por um guia credenciado. Vale lembrar que, normalmente, o parque fica fechado na segunda-feira para limpeza e manutenção. Nos outros dias, ele fica aberto das 8 horas até as 17 horas. Acampamentos, esportes radicais e passeios de carro são proibidos dentro do parque. Enfim, é um local para caminhar e tomar um banho nas águas límpidas dos rios e das cachoeiras.

A chapada dos Veadeiros é uma das regiões de maior luminosidade do planeta graças aos grandes aglomerados de cristais de quartzo que brotaram pelo encontro e fusão de duas placas tectônicas, há mais de um bilhão de anos. A formação predominante é o cerrado de altitude, que chega a atingir 1600 metros em alguns pontos. Uma das últimas reservas de água pura no mundo, a Chapada dos Veadeiros abriga as mais altas nascentes do rio Tocantins (bacia Amazônica), formada pelos rios Paranã e Maranhão. Quanto ao clima, chove no verão e é seco no inverno. Por isso, o ideal é ir no inverno.

No parque existem 4 caminhos que levam aos principais atrativos. O salto do rio preto, duas quedas d'água separadas por 300 metros e com uma altura de 120 e 80 metros, fica a 5 Km da entrada do parque. Este foi o atrativo que escolhemos visitar. Temos ainda o Canion I e II, formado pelo rio preto e fica 4 e 5 Km da entrada, as Pedreiras, para quem quer banhar-se e fica a 4,5 Km da entrada, as Cariocas, pequena praia com duchas terapêuticas que fica a 4,5 Km. Visitamos também os três principais atrativos de São Jorge, todos ficam em áreas particulares. O vale da Lua caracteriza-se pelas formas esculturais talhadas pela força das águas do rio São Miguel. É semelhante às crateras lunares e fica a 6 Km de São Jorge. O Raizama e a Morada do sol são outros dois locais interessantes próximos de São Jorge. É difícil falar mais alguma coisa aqui da chapada. Existem muitas cachoeiras e lugares fantásticos que não tivemos a oportunidade de conhecer. Este é mais um lugar aprovado pelos Amigos do Boi !!!



http://www.chapada.com

http://www.chapadadosveadeiros.com.br




Fotos da Chapada dos Veadeiros