ANOTAÇÕES

As Aventuras da Liga Extraordinária

Por Jess Nevins (jjnevins@ix.netcom.com)

Esse texto é divulgado com a permissão do Autor. Thanks, Jess!


Capítulo II: Fantasmas & Milagres


Página 11, quadrinho 1

Objetos semelhantes a torpedos e minas são carregado para o submarino. É provável que os trabalhadores que vemos carregando o Nautilus sejam apenas estivadores do porto, e não membros da tripulação de Nemo. Ao final de A Ilha Misteriosa, todos os membros da tripulação de Nemo são mortos e Nemo controla o submarino sem o auxílio de nenhum marujo.


Página 11, quadrinhos 3 e 4

Ao término de O Homem Invisível, de Wells, Hawley Griffin é pisoteado até a morte por uma furiosa multidão em Hintondean, como Mina menciona aqui. No romance, Griffin é quase um albino, com uma face Rose e branca e olhos vermelhos; a razão que porque seus registros universitários não confirmam isso é revelada na página 44.

Em O Homem Invisível a personagem principal era chamada apenas de Doutor Griffin; Moore disse que deu para o homem invisível o primeiro nome de Hawley como uma referência ao assassino Dr. Hawley Crippe. Crippen envenenou a sua esposa em 1910 e foi um do mais notórios assassinos da Inglaterra antes da primeira grande guerra mundial.


Página 11, quadrinho 7

A pintura atrás de Nemo é do temido deus hindu Kali. Kali é o cônjuge de Siva e é a deusa-mãe na religião hindu; ela é maternidade em seu aspecto destrutivo, matando e devorando a vida que produz. Nós sabemos que Nemo é um hindu; e pelo leme que vemos no primeiro capítulo, ele poderia ser um Saivista - quer dizer, um adorador de Siva - mas pela pintura ou tapeçaria atrás dele, talvez ele deva ser, ao invés disso, um adorador de Kali, ou ainda de ambos.


Página 36, quadrinho 1

O Colégio Correcional da Srta. Coote para Moças Mal-Comportadas fez parte das histórias de Rose Coote, publicadas na revista The Pearl.

Schadenfreude é um palavra alemã que significa, ao pé da letra, alegria maliciosa que uma pessoa sente em seu coração ao ver a dor de outra. Se você der uma olhada em um dicionário de alemão, encontrará como significado a palavra malignidade.


Página 36, quadrinho 3


O título no táxi é Barkas & Sons, presumivelmente uma referência à Barkis, do romance David Copperfield, de Charles Dickens.


Página 36, quadrinho 3

Senhorita Flaybum fez parte das histórias de Rose Coote em The Pearl. Em The Pearl, era o Colégio da Senhorita Flaybum, como Rose Coote insinua neste quadrinho, e Rose Coote foi enviada para o colégio para continuar com sua educação. A senhorita Flaybum surgiu originalmente em um romance do século XVIII chamado Sublime of Flagellation, in letters from Lady Termagant Flaybum, of Birch-Grove, to Lady Harriet Tickletail, of Bumfiddle-Hall (algo como Grandeza da Flagelação, em cartas da senhorita Termagant Flaybum, de Birch-Grove, para a senhorita Harriet Tickletail, de Bumfiddle- Hall), no qual é introduzido o bonito conto de La coquette chatie, em francês e inglês, e The boarding-school bumbrusher, or The distresses of Laura (O Internato bumbrusher, ou As angústias de Laura). Sublime of Flagellation foi, naturalmente, popular durante o início da era vitoriana (parte da literatura de flagelação era bastante difundida) e a Senhorita Flaybum apareceu em vários outros trabalhos, inclusive em The Pearl.


Página 36, quadrinho 5

Um punkah-wallah é uma combinação de palavras anglo-índianas. Punkah significa leque, e wallah significa, literalmente, agente, executor. Assim, um punkah-wallah é aquele criado que fica abanando um leque de penas (que costumamos ver em filmes ambientados na Índia e no Oriente Médio, onde aparecem sultões em seus haréns, sendo abanados por punkah-wallahs).

As palavras ditas aqui por Quatermain são meio que uma piada por parte de Moore, onde Quatermain tem de fingir em prol da Inglaterra; é um estereotipado conselho dado por uma mãe vitoriana à sua filha como o melhor modo de suportar os horrores de sexo.


Página 37, quadrinho 2

Olive Chancellor é a teimosa feminista americana (e, de acordo com alguns críticos, lésbica) que aparece em The Bostonians, escrito em 1886 por Henry James.


Página 37, quadrinho 3


Katy Carr é a maliciosa heroína cabeça dura de What Katy Did (O Que Katy Fez), de 1872, What Katy Did At School (O Que Katy Fez Na Escola) de 1873, e What Katy Did Next (O Que Katy Fez Em Seguida) de 1886, todos escritos por Susan Coolidge. A linha sobre ela ser devota da escola de dor é uma referência de Moore aos eventos ocorridos em What Katy Did, no qual uma Katy presa a uma cadeira-de-rodas aprende a caminhar e, pela escola da dor, aprende a aceitar a disciplina doméstica.


Página 37, quadrinhos 4 e 5

Becky Randall é a personagem principal de Rebecca of Sunnybrook Farm, de 1903 (Rebecca da Fazenda Sunnybrook) e sua sequência More About Rebecca (Mais Sobre Rebecca) de 1907, ambos escritos por Kate Douglas Wiggin. A fazenda Sunnybrook está situada em Riverboro, Maine.


Página 38, quadrinho 3

Peine forte et dure significa Dor forte e severa.


VOLTAR ------------- 3 DE 4

 

 

 
 
 
1 1