ANOTAÇÕES

As Aventuras da Liga Extraordinária - Volume II

Por Jess Nevins (jjnevins@ix.netcom.com) e diversas mãos.

Esse texto é divulgado com a permissão do Autor. Thanks, Jess!


Capítulo 1: As Fases de Deimos

Página 24

Quadrinho 1

As criaturas altas e pálidas são os Sorns. Elas foram criados por C. S. Lewis em Out of the Silent Planet (1939), o primeiro livro de sua trilogia. Os outros foram Perelandra (1943) e That Hideous Strength (1945). No primeiro livro, o Dr. Elwin Ransom é abduzido por um cientista louco e levado para Malacandra, também conhecida como Marte. Lá, Ransom torna-se amigo dos malacandranos e captura o tal cientista. No segundo, Ransom vai para Perelandra, ou Vênus, e ajuda a evitar a "segunda queda de Eva". No terceiro Livro, ele combate o Mal na Terra.

Os Sorns pertencem a uma das três espécies de malacandranos. Há os Hrossa, agricultores-poetas; os Pfiltriggi, artesãos, e os Sorns, filósofos. Lewis descreve os Sorns como "coisas finas, duas ou três vezes mais altas do que um homem... com pernas tão absurdamente finas e alongadas... parecendo distorções flexíveis dos bípedes terrestres".


Página 25

Quadrinho 2

Em Lieutenant Gullivar..., o povo de Hither é uma raça bela, esbelta e franzina, diferente dos Eloi de Wells. nesse quadrinho, eles são representados como soldados fortes, morenos e armados, vestidos como "soldados turcos".


Página 26

Quadrinho 3

O marciano alado pode ter sido tirado do livro The Professor's Last Experiment de Ritson & Stanley Stewart. Nele, um marciano cientificamente superior tenta entrar em contato com a humanidade, e cai nas mãos do professor do título. Apesar da superioridade do marciano - ele tem asas, pode ler pensamentos e vem de uma sociedade cujas tecnologia e ciência são muito superiores às da Terra - ele é aprisionado pelo professor, que é, como apresentado, um fanático viviseccionista. O Professor corta as asas do marciano; Este revida matando o professor e então foge de seu laboratório.

H. G. Wells descreve uma outra raça de Marte, que servia de alimento pelos demais marcianos, dessa forma:

Eram bípedes, com esqueletos delgados (quase como esponjas) e de musculatura delicada, com cerca de seis pés de altura e grandes olhos encaixados em suas cabeças redondas e eretas. Dois ou três desses pareciam ter sido trazidos em cada um dos cilíndros, e todos estavam mortos antes de chegarem à Terra. Sorte deles, pois a mera tentativa de ficarem eretos em nosso planeta teria quebrado cada um dos ossos de seus corpos.

Isso também soa como o Sorn mantido prisioneiro dentro da fortaleza dos moluscos.


Página 27

Quadrinho 2

A imagem de Gullivar Jones em um dos cubos é, penso eu, de um dos momentos de Lieutenant Gullivar Jones..., quando ele deseja ir para Marte pela primeira vez. No outro cubo, vemos a imagem de John Carter e Dejah Thoris, mas ela não é de nenhum momento específico de nenhum dos livros escritos por Burroughs.

Quadrinho 3

O objeto ovalado que Gullivar examina é, na verdade, um ovo de cristal, de uma história homônima de 1897, escrita por H. G. Wells. Nela, C. Cave, um antiquário, olha através do ovo e vê imagens de outros planetas. É interessante notar que essa história parece ter relações com A Guerra dos Mundos. O ovo de Carve poderia muito bem ser um aparelho de reconhecimento enviado pelos mosluscos. Entre as maravilhas vistas pelo ovo, há imagens de criaturas voadoras semelhantes aos marcianos de Wells. Estes marcianos podem ter alguma relação com o Sorn enjaulado visto na página 26. Ainda em O Ovo de Cristal, o planeta Marte é descrito com sendo habitado por estranhos marcianos dotados de asas e tentáculos, além dos moluscos de A Guerra dos Mundos.

Com relação à cena, o ovo de cristal mostra figuras humanas se movimentando. Ele parece mostrar o lar de Holmes em Baker Street. Ele mantém um busto dele próprio próximo a janela (e que salvou sua vida uma vez). No entanto, como a imagem do busto não parece muito com o Sherlock Holmes desenhado por Kevin O'Neill no volume um da Liga, ou está não é a casa de Holmes ou ele também teria um busto de Mycroft Holmes, dada a semelhança entre a escultura e o irmão do detetive. De qualquer forma, é engraçado achar que os moluscos estejam monitorando as atividades do Grande Detetive.

No diálogo entre os marcianos, lê-se "Outside. Quick". A tradução é "Lá fora. Rápido".


Quadrinho 4

O marciano atrás de Carter está dizendo "Look!" ("vejam!").

Página 28

A implicação em A Guerra dos Mundos é que os marcianos usam o método de lançamento do Clube das Armas, de Verne, para se projetarem de Marte para a Terra - ou seja, um enorme canhão. No entanto, o brilho das luzes durante o lançamento também pode sugerir que os projéteis possam ser propelidos por enormes feixes de laser, assumindo que os gases e a coluna radiante mostrados nessa página sejam deliberados e não apenas licensa artística. Esse método realmente é estudado em nossa realidade, e Moore, sabendo disso, talvez o tenha usado na história.


Página 29

Quadrinho 3

Em uma entrevista, Moore disse que nessa história os marcianos de Wells não são nativos de Marte. Na verdade, eles são invasores de outra galáxia. Eles tentam dominar o planeta vermelho mas são rechaçados pela forças combinadas de Carter, Gullivar e dos outros marcianos.

Há precedentes para a cena onde os moluscos abandonam Marte e se dirigirem para a Terra em Mars: The Home Front (1996), War of the Worlds: Global Dispatches (1996) e Sherlock Holmes' War of the Worlds (1975). Os dois primeiros foram escritos por George Alec Effinger e o segundo escrito por Manly Wellman.

No livro The Space Machine (1976), de Christopher Priest, me parece que os moluscos extraterrestres também não são nativos de Marte. No livro, Priest cruza as duas linhas narrativas de A Máquina do Tenpo e A Guerra dos Mundos. Seu protagonista comete um erro numa das fases de desenvolvimento da máquina do tempo e acidentalmente é enviado para Marte no momento em que os marcianos estão abandonando o planeta para invadir a Terra.


Página 31

Quadrinhos 1, 2 e 3

A sigla "V.R." pintada na carruagem significa Victoria Regina (Rainha Vitória), Esse era um tipo de emblema oficial do governo britânico. É algo visto às vezes como "V.R.I." ou Victoria Regina Imperatrix (Rainha e Imperatriz Vitória).

Página 32

Esta cena é de A Guerra dos Mundos, quando os marcianos, após o impacto da aterrissagem, permanecem dentro da cratera, sem emergirem imediatamente das cápsulas.

O trecho da legenda onde está escrito "... francês presunçoso, espanhol devasso e o huno furioso?" pode ser uma referência à fatos da história militar da Inglaterra: Napoleão, a armada espanhola e os alemães nas duas grandes guerras mundiais.


Os agradecimentos vão para: Alicia, agora e sempre. Mike Chary, por me emprestar o adiantamento das cópias. Michael Norwitz, pelas referências do terceiro policial. Scott Dunbier, por mandar por fax uma cópia deste texto para Alan Moore (!) e por me informar dos elogios que Moore (!!!) me fez. Simon C., pelas referências de Kew Gardens. Win Eckert pelas referências sobre Marte. Leandro Antolini, Peter Ayres, Rob Beattie, Sean Blair, Ronald Byrd, Loki Carbis, Rob Carr, Jonathan Carter, Carycomic, Tim Christopher, Philip Cohen, Loren Collins, Steven Costa, Kieran Cowan, John_Dee, Rick Diehl, Ron Dingman, Ian Driscoll, Duggy, Mike Everett-Lane, Taina Evans, Julian Fattorini, Jack Fletcher, Michael Frank, Mags Halliday, Billy Haney, Timothy Hatton, Cap'n Ben Hilton, Steve Holland, Hoopster, Seth Hunter, Kathy Igo, John Klima (da Electric Velocipede), Keith Kole, Tim Kreider, Jean-Marc Lofficier, Ed Love, Gabriel McCann, Robert McCord, Ian McDowell, Mistress Malevolent, Charles Martin, Michael Meyer, Gabriel Neeb, Bill Nutt, Kate O'Brien, Nick Perks, Pete, Jim Pipik, Hisa Rania, Colin Rankine, Eric Reehl, Alasdair Richmond, Jean Rogers, Peter Royston, Paul Rush, Beppe Sabatini, Cliff Schexnayder, Tim Serpas, John Sherman, Daniel Smith, Ralph Snart, John Snead, Henry Spencer, Bill Svitavsky, Lang Thompson, Geoffrey Tolle, John Trumbull, Django Upton, Sean van der Meulen, Geoffrey Wessel, Kurt Wilcken e Giles Woodrow pelas várias adições e correções.




VOLTAR ------------- INÍCIO

 

 

 
 
 
1 1