TEMA: Evasão...liberdade
TEMA: Evasão...liberdade

Evadi-me do mundo,
Tive a minha liberdade,
mas na verdade,
ganhei saudade
de não Ter tanta liberdade

saí da cidade,
fugi da vaidade,
descobri a simplicidade
na natureza encorporada
embora longe da vaidade,
ganhei saudade
da minha linda cidade

vi a flor delicada
e o lobo incompreendido
que com medo estava escondido;
pois toda a sua triste vida
de maldade acusado foi
e, pelo homem maltratado(chacinado) foi

desci a serra, Ter c´o urso fui,
isolado e caçado por ser considerado ruim,
pescava e a seu lado fui
quando me descobriu, de mim fugiu,
mal não me fez,
foi para o outro lado do rio,
com medo que lhe fizesse,
o que os da minha espécie lhe fazem

Evadi-me do mundo,
evadi-me da cidade,
fugi da vaidade,
e tive a minha liberdade
descobri a simples natureza,
retornei com saudade de
não Ter liberdade,
não fora tanta liberdade
não descobriria tanta crueldade;

tornei á escola,
as palavras outrora vãs,
faziam agora sentido,
as palavras antes ignoradas,
agora interesse me despertavam.
Aquela liberdade veranil
Deu-me mais responsabilidade!
Evadi-me do mundo,
Da crueldade
Ao meu trabalho dei mais qualidade