JUREMA-DO-EGITO        (Acacia nilotica )
A JUREMA-do-EGITO, ou JUREMA-DO-ORIENTE,  nao e´ nativa do Brasil, tendo sido aqui introduzida para fins ornamentais e tambem para a produçao de goma-arabica.

Arvore sagrada para inumeros  povos essa variedade de ACACIA teve grande importancia no contexto religioso judaico-cristao, e tambem no Hinduismo, a mais antiga das religioes ainda praticadas
Segundo a tradiçao judaico-crista foi numa arvore destas que o SENHOR apareceu a MOISES no monte Horeb. Simbolo da presença do SENHOR na Terra, a JUREMA ou ACACIA do EGITO, la´ chamada de SHITTIM foi a madeira escolhida para a confecçao da ARCA DA ALIANÇA e de todo o mobiliario sagrado do tabernaculo...MOISES se referia ao SENHOR como "O HABITANTE DO ESPINHEIRO".

Segundo essa mesma tradiçao foi de galhos ACACIA NILOTICA que fizeram a coroa de espinhos com que JESUS foi crucificado, coroa esta que simboliza na verdade a coroa da sabedoria .
No entanto, e´ importante que se diga que muitos e muitos seculos antes de Moises ja´ estava estabelecido no oriente o culto iniciatico do "SENHOR" como "O HABITANTE DA SARÇA ARDENTE", "O QUE HABITA NA ACACIA"...Entre os Indo-Iranianos, por exemplo, fundadores do Hinduismo, a divindade maxima, AGNI, era representada de duas formas: No fogo do altar, o fogo da ACACIA FLAMIGERA, o qual era produzido pela fricçao de um pequeno "muruku" sobre um disco de ACACIA (Sami, ou "Acacia suma") e tambem, como FOGO LIQUIDO, ou "SOMA", bebida sagrada tambem produzida das mesmas plantas, e onde acreditavam estar tambem presente "O SENHOR"
Muits lendas que eram contadas no Egito e na Palestina acerca da ACACIA NILOTICA foram trazidas para o BRASIL e assimiladas pelos indios e caboclos durante o catecismo a que foram submetidos...Tais lendas associaram eles imediatamente com a JUREMA nativa dos sertoes, com toda a razao, uma vez que a JUREMA nativa e a JUREMA egipcia sao apenas variedades de uma mesma planta, a ACACIA dos MISTERIOS. A mais famosa dessas lendas, ainda corrente, e´ a que atribui os poderes misteriosos da JUREMA ao episodio em que a virgem Maria, fugindo dos soldados de Herodes ocultou o menino JESUS entre a ramagem da JUREMA, que assim ficou encantada pelo contato com a carne do SENHOR JESUS.
Na tradiçao iniciatica do TOREH,  no ADJUNTO DA JUREMA, a JUREMA-DO-EGITO e´ reconhecida como uma das plantas que nasceram do corpo sacrificado do Rei-Sacerdote TOREH "Jerubari", na aurora dos tempos, plantas essas que sao todas, coletivamente, chamadas de  JUREMAS.
1