TRADEWINDS

Uma Longa Estória
"As flores que um amante de Deus colheu em seu jardim de rosas e que quis dividir com seus amigos subjugaram de tal forma sua mente por sua fragância, que caíram do seu regaço e murcharam". Poesia Sufi
UMA LONGA ESTÓRIA - Os Centros II

Além da diferença de velocidade observada entre os centros e as funções que desempenham, pode-se observar que os centros comportam certas divisões observáveis.

Primeiro, a divisão em parte positiva e parte negativa.

No centro instintivo as nossas sensações agradáveis formam a parte positiva e as sensãções desagradáveis sua parte negativa, tão essenciais à vida.

No centro motor, a divisão é logica: movimento x repouso.

No centro intelectual afirmação x negação; sim e não.

À respeito do centro emocional costuma-se dizer que não tem parte negativa devido ser incomparavelmente pequena em relação à sua parte positiva. Sendo que a maioria das emoções desagradáveis não provêm deste centro mas sim de outros centros.

O centro sexual assim como os centros superiores não possui divisão em parte negativa e positiva, visto que nele todas as sensações são agradáveis ou neutras, sendo a parte "negativa" originária de outros centros.

Além da divisão em parte negativa e positiva, os centros comportam uma subdivisão em si mesmos, sendo revelada com o estudo da atenção e pressupondo um certo grau de lembrança de si e muito tempo para melhor estudá-las.

Assim cada Centro pode ser subdivido em três partes ou três andares: parte mecânica, parte emocional e intelectual.

CENTRO INSTINTIVO:

I - parte mecânica

Nossa fisiologia: digestão, respiração, movimentos reflexos etc. Órgãos dos sentidos: visão, audição, etc

II - parte emocional

sensações agradáveis ou desagradáveis

III- Parte intelectual

Um "cerébro" por trás de todo o funcionamento do organismo que nada tem a ver com o centro intelectual. Responsável pela manutenção da homeostasia do organismo.

CENTRO MOTOR:

I - parte mecânica

Movimentos chamados de "instintivos" ou "automáticos", como pegar um objeto que cai sem pensar, caminhar, nadar etc não requerendo atenção para sua realização. Imitação em pequena escala

II - parte emocional

Prazer do movimento. O amor ao esporte normalmente deveria se situaria aqui, mas devido ao baixo nível do ser do homem, este geralmente se encontra na parte mecânica do centro intelectual.

III- Parte intelectual

Imitação de alto nível como o canto, entonações, danças. Relaxamento muscular sistemático. Movimentos que inventamos para realização de tarefas complexas e que necessitam de um grande grau de atenção

CENTRO EMOCIONAL:

I - parte mecânica

Pequenas emoções cotidianas, gracejos, humor grosseiro

II - parte emocional

Emoção religiosa. Emoção estética. Emoção moral. Principal sede do centro magnético.

III- Parte intelectual

Criação artística. Lembrança de sí (na verdade esta não é uma função, mas requer a participação das partes superiores dos centros)

CENTRO INTELECTUAL:

I - parte mecânica

Também chamada de centro formatório ou aparelho formatório. Responsável pelo registro de nossas impressões. Formação. Clichês.

II - parte emocional

O desejo de conhecer é uma emoção intelectual e se situa aquí.

III- Parte intelectual

Formulação, invenção, perícia , descoberta.

A parte mecânica de cada centro trabalha sem atenção. Já a parte emocional trabalha com a atenção mantida pelo interesse que o assunto desperta. A parte intelectual também trabalha com plena atenção, só que aqui a atenção é mantida pelo esforço voluntário.

O estudo da atenção nos revela em que parte do centro estamos. Assim, com a atenção vagueante, perdida, estamos na parte mecânica; com a atenção atraída ou mantida pela prazer que o assunto nos desperta, nos encontramos na parte emocional. Com a atenção mantida voluntariamente, estamos nas partes intelectuais dos centros. O homem comum vive quase que exclusivamente nas partes mecânicas de seus centros. E isto é o que o impede de ter acesso as manifestações superiores de seu ser e do universo.

Se vivesse também nas partes superiores dos centros, isso lhe daria acesso aos centros superiores, pois é assim que são feitas as conexões com estes centros, através de seus andares superiores.

Cada parte dos centros ainda pode sofrer uma nova subdivisão em parte mecãnica, emocional e intelectual e outras novas subdivisões mas isso não tem valor prático no momento.

Se por natureza não tiveres uma mente crítica, tua permanência aquí é inútil.
If you have not by nature a critical mind your staying here is useless