Deixe sua opinião
   É impossível  fechar  os  olhos  e  fingir que não há discriminação no Brasil, (e   fora   dele)   contra    negros,    indígenas,    migrantes,    portadores     de deficiências, mulheres, etc. Ao  mesmo  tempo em que a educação  reafirma a  necessidade da    inclusão,   vemos    que    a    intolerância    contra    pessoas que    não correspondem   a   um  determinado   padrão   é   crescente,  e  tem sido  causa  de   inúmeros   conflitos  e  problemas,  tanto  na escola quanto na sociedade.
Nos locais em que você convive já presenciou alguma cena de preconceito? Descreva-a.
Para refletir:
Carta de um escritor africano

Meu irmão branco...
Quando eu nasci, eu era negro.
Quando eu cresci, eu era negro.
Quando eu vou ao sol, eu sou negro.
Quando eu estou com frio, eu sou negro.
Quando eu morrer, eu serei negro.
E você Homem Branco,
Quando você nasceu, era rosa.
Quando você cresceu, era branco.
Quando você vai ao sol, fica vermelho.
Quando você fica com frio, fica roxo.
Quando você  está com medo, fica branco.
Quando você morrer, ficará cinza.
Depois de tudo isso Homem Brando, você ainda
tem o topete de me chamar de homem de cor?
(Autor desconhecido)
1