Home Bem-vindo ao Pânico Nunca Mais! - no ar desde 2002









 

ATENÇÃO!LAMENTAVELMETE, DEVIDO AO ENCERRAMENTO DAS ATIVIDADES DO GEOCITIES, ESTA PÁGINA SERÁ TEMPORARIAMENTE RETIRADA DO AR, ATÉ DEFINIRMOS QUAL SERÁ NOSSA NOVA ESTRUTURA. ESTAREMOS ONLINE ATÉ OUTUBRO.

No ar desde 2002, o Pânico Nunca Mais volta em 2007 com uma nova estrutura, visando uma melhor prestação de serviço de informação sobre a síndrome do pânico. Este site foi idealizado para ajudar pessoas a reconhecer a síndrome do pânico e ter conhecimento sobre os tratamentos e alternativas disponíveis.

A Síndrome do Pânico é uma doença emocional séria, que causa desordem química no organismo e tem caráter incapacitante. No entanto, existe tratamento específico e as possibilidades de cura são enormes. A participação ativa do paciente é fundamental.

Os sintomas da Síndrome do Pânico podem variar de pessoa para pessoa, mas em geral compreendem:

  • Taquicardia (pulsação acelerada) e palpitações;
  • Tremores / Tensão muscular;
  • Náuseas ou desconforto abdominal;
  • Boca seca e ondas de calor;
  • Sensação de irrealidade (ou de não estar vivendo a situação);
  • Sensação de perigo ou destruição iminente;
  • Sensação de falta de ar ou sufocamento;
  • Calafrios;
  • Formigamentos;
  • Tontura / Vertigem;
  • Medo de enlouquecer ou perder o controle;
  • Medo de incontrolável de morrer.

    Se você apresenta alguns desses sintomas em situações corriqueiras com alguma freqüência, procure um psiquiatra e um psicólogo que trabalhe nessa área. São profissionais capacitados para dar um diagnóstico preciso. Se for o caso, consulte um clínico geral para descartar qualquer outra doença física (como hipotireoidismo, por exemplo). Quanto mais cedo se tratar, mais fácil é a cura.

    Se você conhece alguém que se encaixe nesse perfil, não pense que é bobagem ou frescura. Informe-se neste site e saiba como ajudar.



    Confira as novidades do informaivo Jornal Saindo do Escuro


    Conheça o Grupo APOIAR, com um trabalho pioneiro em auto-ajuda para portadores da síndrome do pânico.

     
     
    1