“PARA QUE TU PENETRES NO ÉTER RADIANTE É PRECISO QUE TU SEJAS TU PRÓPRIO

UM DEUS MESMO”

(PITAGÓRAS)

 

“HOMEM É PRECISO CONHECER

A SI MESMO”

( DESCONHECIDO)

 

“EU SEI QUEM SOU, E AONDE ESTOU,

EU SEI QUEM SOU, E PARA ONDE VOU”

(Raul Seixas e Kika Seixas em Eu sou Eu Nicuri é o Diabo)

 

 

Cosmogênese

 

Nada existia, nem coisa alguma; também não existia

O céu luminoso, nem o grande dossel celeste abria-se lá em cima .

O que cobria tudo ? o que dava abrigo ? o que estava oculto ?

Seria o abismo sem fundo da água ?

Não havia morte - entretanto, nada era imortal,

Não havia fronteiras entre o dia e a noite;

Somente o Um respirava exânime por Si Mesmo,

Além Dele nada existia,

Havia as trevas, e a princípio tudo estava imerso

Na escuridão profunda - um oceano sem luz -

O germe que ainda está oculto na casca

Germina, uma natureza, ao calor tórrido...

Quem conhece o segredo ? Quem o anunciou ?

De onde, de onde surgiu essa criação multiforme ?

Os próprios deuses só nasceram mais tarde -

Quem sabe de onde surgiu essa manifestação multiforme ?

De que, de onde essa grande criação surgiu,

Se a Sua vontade foi quem criou ou quedou-se muda,

O Altíssimo Vidente que está no céu mais alto,

Ele o sabe - ou talvez nem mesmo Ele saiba .

 

 

RIG VEDA, X, 129

 

Clique na chave e boa Viagem ao EU CÓSMICO

Ansata

Clique

                                                                                                                                                                               NUESTRO  LIBRO

                                                                                                                                                                             Nosso Livro

   Ingressar em APROFT    
1