NOVO FILTRO DE FUNDO

Devido ao fato que o filtro biológico de fundo é o mais comum e barato e normalmente ser vendido junto com o aquário, apesar de ter suas limitações, será apresentada aqui uma melhoria importante em sua instalação.

Este sistema tem como principais limitações o acúmulo de resíduos embaixo de suas placas, o que traz junto o surgimento de enfermidades a médio ou longo prazo. Para remediar esta situação utilizamos uma bomba de água na torre, mas sua sucção não é a mesma ao lado da torre e na extremidade oposta do aquário (por isso utilizamos normalmente 1 bomba para cada 50 cm de comprimento do aquário e não uma única colocada no centro !

Este sistema aqui apresentado é uma forma barata de solucionar os problemas apresentados acima. Assim este sistema está desenhado para um aquário que usa 2 placas de fundo na largura. Seu único inconveniente é que para instalá-lo devemos desmanchar completamente o aquário, mas vale a pena.

Material

-     Alguns metros de mangueira (de acordo com o tamanho do aquário). No total deve ser 3 vezes o comprimento do mesmo. A mangueira de ter uns  0,7 cm de diâmetro (cerca de R$ 2,00 o metro da transparente).
-     Placas de fundo (opcional) cerca de R$ 1,00 por placa
-     2 garrafas de água mineral de meio litro. Utilizei as do tipo retangular cerca de R$ 5,00.
-     Cola de silicone (cerca de R$ 5,00 o tubo pequeno).
-     Lã de Perlon (cerca de R$ 5,00 o metro).
-     Bomba de água (cerca de R$ 30,00 a de 650 litros/hora).

PASSOS

Considerando que nosso aquário já está montado, vamos armar tudo fora e quando tivermos tudo pronto colocaremos no aquário.

A.

1.       A disposição final da mangueira será a que se vê na figura A.1.

2.       Furamos a mangueira por todo seu comprimento, levando em conta que os furos que estão mais afastados da bomba devem ser maiores, para compensar a diferença de força de sucção. Veja a ilustração abaixo na figura A.2.

3.       A parte final da mangueira que se encontra fora das placas não se perfura.

B.

1.   As garrafas de água mineral devem ser cortadas ao meio e coladas juntas com silicone.
2.    Furamos as tampas das garrafas para que possamos passar as mangueiras provenientes do fundo e vedamos com silicone, conforme figura
B.2. 

Ao final da mangueira podemos colocar um difusor difusor de caudal de sifões descartáveis para abrir “o jorro” de água, segundo a figura B.2.2. Não é necessário colar já que são de borracha e entram sob pressão.

3.     Uma vez que tudo esteja bem seco, fazemos um furo no centro das garrafas para que possamos introduzir um tubo de torre previamente perfurado como a mangueira e assentar a bomba nele, conforme a figura B.3. e B.4. Devemos usar o tubo de torre para que a lã de perlon não seja sugada pela bomba e assegurar-nos de que ele entre bem ajustado. 

4.     Uma tudo pronto, enchemos a garrafa com lã de perlon (guata, no desenho), que irá reter as partículas maiores de sujeira.


5.      Desenho final em B.4.

C.

1.     Para preparar as placas de fundo e se não queremos ter nossos peixes passando o dia todo em baldes, podemos comprar as placas necessárias para cobrir o fundo do aquário. Agora devemos perfurar as placas conforme o desenho da figura C.1. para que as mangueiras possam passar.

2.      Não se deve esquecer de cortar os túneis por onde sairão as mangueiras que finalmente desembocarão na garrafa. Ver figura C.2.

D.

Croquis finais:

      DE FRENTE 

FRENTE

        DE PERFIL PERFIL

DE TRÁS

Conclusões:

O funcionamento é o seguinte: a bomba sugará a água a través da mangueira, que terá por finalidade arrastar toda a sujeira que se acumula sob o filtro de placas até a garrafa, que deverá ser removida e limpa quando estiver muito suja (demora cerca de um a dois meses para saturar).

A saída da bomba seria conveniente apontá-la para que flua paralela à parede mais comprida do aquário com o que não criaríamos uma corrente muito forte para nossos peixes. A garrafa e a bomba podem ser tampados com pedras troncos ou objetos de decoração. 

Observação.

Se nosso aquário tem uma largura maior do que 2 placas, a solução é armar uma rede, como mostrado na figura E, tendo em conta que devemos ir diminuindo os furos à medida que nos aproximamos da bomba.

Visit the Fishtop50

1