Esta Página está em construção. Aceitamos suas sugestões para melhorá- la.


Ir para página 2

O que foi? O que é?
Uma breve definição.

            "A expressão - que designa genericamente uma nova forma de fazer alguma coisa - já era utilizada nos meios de músicos profissionais desde a década de 40. No fim dos anos 50, nos bairros da zona sul do Rio de Janeiro, grupos de rapazes e moças se reuniam em casas e apartamentos, promovendo reuniões assíduas, quando tocavam e cantavam músicas deles próprios ou de outros compositores. Dois deles, Carlos Lyra e Roberto Menescal, fundaram uma academia de violão que ajudava muito a divulgação das composições do grupo, geralmente de caráter intimista, com acordes semelhantes aos de certos músicos de Jazz.

            Em 1958, o então violonista João Gilberto - que havia atuado como instrumentista alguns meses antes no 78 rpm de Elizete Cardoso, chamado Canção do Amor Demais empregando uma nova forma de acompanhamento rítmico - gravou seu primeiro disco simples, pela Odeon, com as músicas Chega de Saudade e Bim- Bom de autoria própria. O resultado sonoro da combinação da voz de João Gilberto com seu acompanhamento pelo violão passou, à partir desta gravação, a ser identificado, mais tarde, como Bossa Nova e foi absorvido por aqueles violonistas e cantores amadores, que continuavam a reunir- se..."

            A idéia passada por este texto, extraído de uma conceituada publicação sobre música - Enciclopédia da música brasileira: erudita, folclórica e popular; Art Editora; ed. 46; 1977 - em sua página106, nos dá a entender que João Gilberto foi "o" precursor da Bossa Nova.

            Não foi uma pessoa quem fez a Bossa Nova. Não foi um elemento isolado que fez com que ela acontecesse. Mas sim, um grupo de artistas, que, mesmo sem saber à época, estava participando do maior e mais bonito movimento da Música Popular Brasileira, a Bossa Nova.

            Neste espaço falaremos de tudo um pouco, desde as reuniões em casa de Nara Leão até os shows no Carneggie Hall, passando pela criação dos primeiros fã- clubes (que, coincidentemente, nasceram à mesma época da Bossa Nova), os grandes conjuntos vocais que se espalharam pelo Rio de Janeiro e os diversos homens de rádio e de gravadoras que auxiliaram, de uma maneira ou outra o crescimento e conhecimento mundial da Bossa Nova.

 

Voltar ao início