Capítulo 2 - A doçura de Blossom & Bubbles

No fim da aula, Blossom encontrou o professor em seu laboratório.

"Tem certeza de que quer fazer isso Blossom?" Perguntou Utonium.

"Sim professor!" Respondeu Blossom, feliz por fazer parte de uma experiência tão importante.

"Então...Vista esse maiô." Utonium dá um maiô rosa com rosas vermelhas para Blossom. "E quando terminar, entre nesta cápsula.Você será exposta á uma certa quantidade de Químico X."

"Certo, professor!" Blossom foi ao banheiro, tirou seu uniforme e vestiu o maiô.Voltou para o laboratório "Estou pronta!"

"Então..." o professor abriu a capsula "...entre..."

Blossom entrou, Utonium fechou a capsula e começou a dar instruções para Blossom.

"Fique calma.Respire fundo...Não se mexa.Feche seus olhos...Durma..."

"Certo, professor Utonium..." Blossom logo caiu no sono.

Utonium começou a mexer na capsula, injetando uma pequena quantidade de Químico X na garota.Minutos depois, a experiência estava completa.

"E então, Blossom?" Perguntou o professor, assim que a garota saiu.

"...Nada diferente.Me sinto normal." Respondeu Blossom, dando uma "rodadinha".

"Terei de fazer alguns testes.Vou preparar o Scanner.Enquanto isso, por que não dá uma olhadinha no laboratório?"

Blossom aceitou e começou a andar no laboratório.

Não sentia nada de mais.Não era tão legal assim...Blossom começou a andar entre vidros e mais vidros, até que viu um pequeno macaco...

"Professor, quem é esse?"

"Ah? Esse é o Mojo, meu macaco de estimação."

"Ele é tão bonitinho!Ei Mojo, vem aqui!" Disse Blossom, chamando o macaquinho. Mas ele não foi tão bonzinho...

Pof! Blossom foi derrubada pelo macaco, se arranhado. Um pouco de sangue saiu de seu braço, entrando em contato com o macaco.

Bum! O laboratório simplesmente fez bum. O que era um macaquinho inocente, virou um macaco...feio.

"Mojo!" Disse Mojo. "Eu juro que vou me vingar dos humanos, Mojo!" Começou a atacar o laboratório.

"Oh não!" Gritou Utonium. "Pare com isso, Mojo!"

"Aah!" Blossom gritou, e soltou um tipo de raio laser pelos olhos. "Eh!? O que foi isso?"

"Mojooooo!!" Mojo foi atingido e saiu correndo.

"Blossom!Você viu o que aconteceu!?" Gritou Utonium.

"Eu não!De repente, tudo ficou vermelho, e meus olhos arderam, e, e..."

"Deve ter sido alguma reação do Químico X!!" Utonium voltou para sua mesa. "E aliás, você salvou meu laboratório da destruição total!"

[Camera áerea: Metade de uma construção com paredes destruidas]

"Eh...Valeu então?" Blossom disse, com um sorriso torto, com uma gota na cabeça.

Eles se encararam por alguns segundos, quando ouviram uma vozinha.

"Oh, Blossom-Sama!"

Utonium e Blossom se viraram e viram uma garotinha de cabelos louros, presos dos dois lados, de olhos azuis, uniforme da 6º série do colégio Bloom.

"...Quem é você?" Perguntou Blossom.

"Aah, eu sou Bubbles!" Respondeu a garota "Estudamos na mesma escola!Sou sua fã!"

"...É mesmo é?" Disse Blossom, sem graça. "Eu não tenho a mínima idéia de quem você seja!"

"Ehehe!" Bubbles riu.

"Esta experiência deveria ser um segredo..." Disse Utonium

"Aah, não se preocupe professor, eu não conto pra ninguém!" Bubbles disse, num tom de animação.

"...Não acho que essa seja a solução." Disse Blossom. "Você vai começar a me seguir, e todos vão estranhar...E é uma grande responsabilidade guardar segredos, ainda mais dos outros!"

Uma luz veio a cabeça de Bubbles "A única solução seria..."

"...Te expor ao Quimico X também." Respondeu o professor, batendo a mão na cara.

"Legaaal!"Disse Bubbles, saltitando.

"Legal, legal, então está certo..." Utonium entrega um maiô azul com desenhos de bolhas para Bubbles e liga a capsula novamente. "Pronta?"

"Sim senhor!"

E foi denovo.

"Como se sente?" Perguntou Utonium.

Bubbles deu uma voltinha. "Uh...Nada de mais, eu acho." Ela pulou e começou a flutuar. "Aaah, que incrível!!!"

"Uaaaau!" Gritou Blossom. "Você está desafiando a gravidade!"

E elas começaram a testar seus "poderes".

Dia seguinte.

"Hey!Blossom-Sama!"

"Aah, Bubbles!"

Blossom e Bubbles se encontraram no corredor da escola.

"Como vai?" Perguntou Bubbles, animada.

"Aaah, bem!Ainda mais depois de ontem." Respondeu Blossom. "Aquele Químico X é tão legal!"

"Com certeza!"

"Incrível...Algumas horas atrás, eu nem sabia que você existia, e agora, estamos agindo como melhores amigas!"

"É...Nós vamos ficar sempre juntas né!?"

"Sim!"

"Srta. Bubbles!" Uma garota ruiva, de uniforme da 6º série amarelo, gritou. "Vai ficar atrasada se continuar conversando com sua amiga!"

"Oh, claro, Morebucks!" Disse Bubbles. "Desculpa Blossom, tenho que ir!"

"É melhor eu ir também! Tchau!"

Enquanto isso, longe dali...

"Hahahahahaha!" Riu um rapaz de cabelos negros, pele esverdeada e óluos escuros. "Aquele macaco burro nem imagina o que roubei dele!" Chegou perto de outros garotos mais estranhos que ele. "Com isso aqui, podemos fugir desse maldito reformatório!"

Os garotos beberam o líquido de um frasco, e não se podia mais vê-los, pois tinham arrombado uma janela.

"Hm." Um vulto contemplou o frasco quebrado no chão por alguns, e retornou ás sombras de onde tinha vindo.

No colégio Shining Star, tudo parecia tranqüilo. Os garotos de verde e as garotas de roxo, como sempre. Mas havia uma garota em especial que não se vestia de menina...

"Ei, Buttercup!" Gritou um rapaz no fim do corredor, de cabelos louros curtos, com um uniforme estranhamente com uma coloração azul azul.

Uma garota de cabelos negros espetados nas pontas, olhos verdes, piercing no alto da orelha ligado ao brinco, uniforme masculino, se virou.

"Que é, Boomer?" Respondeu a garota chamada Buttercup.

"....Pode me emprestrar seu caderno?" Perguntou Boomer, com uma gota na cabeça.Apesar da idade, Boomer era inteligente e estudava na 8º série, com Buttercup.

"Não lembrou de alguma lição de casa, não é?"

"É isso aí.Eu passei tempo demais com a lição de casa extra..." Respondeu Boomer, recebendo o caderno de Buttercup. "Castigo, sabe Buttercup? Você também recebe vários."

"Bolinha de cuspe, não é mesmo Boomer?"

"Ora, nenhum menino é menino se não aprontar alguma!" Disse Boomer, com um sorriso maldoso.

"Claro, claro, agora vamos pra sala antes que Bunny perceba que eu fiquei pra trás."

"Você e Bunny são grandes amigas não é?" Boomer fez uma cara de curioso. "Por que ela está sempre tão...triste?"

"Ela sempre foi assim."

Eles entraram na sala de aula.10 minutos se passaram.

"Vou no banheiro, professora!" Disse Buttercup, indo em direção da professora, então sussurrou. "Acho que alguém colocou algo na minha calcinha." Olhou feio para Boomer, e saiu.

"Aaargh, Boomer seu mal-agradecido!" Gritou Buttercup, sozinha no banheiro feminino. "Eu te empresto minha lição de casa e como você me agradece? Jogando meia dúzia de grampos nas minhas roupas íntimas!"

"É, acho que nem todos os garotos são bons não é?"

"!!! Garoto!" Gritou Buttercup ao ver o rapaz de pele esverdeada na porta do banheiro.

"Que é isso, mocinha?Eu estou aqui só para seu bem!" Disse o rapaz, se aproximando de Buttercup.

"...Quem é você?"

"Meu nome é Ace.Sou o líder da recém-formada Gangreen Gang.Quer se juntar a nós, querida...uh..."

"Sou Buttercup."

1