Precisamente no Brasil, nos meados dos anos 80, lá pros lados de Minas Gerais, na capital Belo Horizonte, nasce a banda Sarcófago, que acredito eu, seja o maior pupilo e o inventor do Death  Metal Brazuca, o tema desta matéria e um dos criadores do estilo no mundo, sendo considerado uma das dez mais importante banda de Death Metal do  Mundo!!! Do Rio Grande do Sul para a cidade de São Paulo, o Krisiun é

Sarcófago

considerado a maior banda de metal brasileiro do atual cenário, sendo a criadora do estilo mais aclamado e seguido do metal extremo, o Brutal Death Metal, onde a velocidade dos bumbos impera seguido da técnica e peso gutural do tradicional! Também do Rio Grande do Sul, o Rebaelliun segue a mesma linha Krisiun, porém lógico, com particularidades próprias, pois senão não alcançaria os vôos conquistados!!!

1

           E são estas três bandas aí em cima citadas, os maiores nomes representantes do Death Metal Brazuca no mundo! Mas a perguntas seria, e daí? O porquê desta matéria? Acredito eu que o maior sentido desta matéria seria a grande fase que o estilo passa no Brasil, a maior já vista e vivida! As bandas pulam de todos os cantos do Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Brasília, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, etc, etc... Nomes, posso citar, alguns, porém fatalmente iria deixar de falar de todas, pois incrivelmente são muitas! A maioria com pelo menos o primeiro disco gravado e com repercussão no estrangeiro, representadas por gravadoras especializadas nacionais ou internacionais, as bandas que mais se destacam podemos dizer que seriam os paranaenses do Infernal, Imperious Malevolence, os mineiros do Drowned, Insurrection, os paulistas do Torture Squad, Zoltar, NervoChaos, Horned God, Oligarquia, Funeratus, Ancestral Malediction, de Brasília, Nauseous Surgery, as 

mulheres do Valhalla, os grindcore do Death Slam, os baianos do Malefactor, os gaúchos do Mental Horror, etc, etc... Pois é, se começar a citar, as bandas não param... E avaliando o histórico do Death Metal, pode-se dizer que bandas que praticam o Splatter, GrindCore entre outros, são de uma forma ou outra, sub-estilos do Death Metal, e se for citar todas elas, preparem a listagem passa das cem bandas, prá mais...!!!  

1
Krisiun

         A verdade é que nunca se viveu tal fase no Brasil e a explosão de banda de Death Metal vinda da Flórida/USA no começo da década de 90 agora está sendo sentida maciçamente aqui no Brasil! O lance do profissionalismo é um dos mais interessantes, antes era mais fácil ver 5 bandas de heavy melódico com discos bem gravados, com ótimo material gráfico, etc, etc para 1 e meia de Death Metal nestes moldes, pois é, a coisa mudou e muito! Atualmente é difícil encontrar qual disco não tem qualidade em todos os sentidos, pois naturalmente as bandas tem o censo do ridículo e do profissionalismo correndo pelas veias e já viram muitas sofrerem para aprender o que devem fazer! Em termos de divulgação, distribuição e bons lançamentos, talvez o Brasil esteja no caminho certo, pois existem aqui pelo menos cinco gravadoras/distros dedicadas somente ao Metal Extremo e com grande quantidade de bandas Death Metal em seu casting, as mais importantes talvez seria a paulista Tumba Records, que pertence ao Eduardo Lene, baterista de uma excelente banda grindcore, NervoChaos e que divulga várias bandas nacionais como Horned God, Subtera e Zoltar, como a internacional Morticia, também de São Paulo, temos a Destroyer que divulga somente bandas nacionais e de Death Metal, como o excelente Torture Squad, Abomination, Oligarquia além do próprio NervoChaos, de Minas Gerais, a Demise Records também investe no estilo apoiando maciçamento o Splatter Gore dos catarinenses do Flash Grinder, uma das maiores bandas do estilo praticamente inventado pelo Carcass. O cenário death é tão forte que  festivais somente do estilo já estão ocorrendo no Brasil, como o excelente e inovador Extreme Metal Fest, que além das bandas nacionais de death, trouxe duas de black e a famosa e underground norte-americana Monstrosity. 

        O maior exemplo da grandiosidade do estilo foi a inserção da banda Krisiun nos maiores e menores festivais de metal na Europa como Wacken Open Air e nos EUA no Milwaukee Metal Fest, além de agenda lotadíssima com direitos à matéria na Veja, Folha de S.Paulo e até pasmem, na norte-americana especializada em música pop

Drowned

Rolling Stone. A banda ainda participou de programas de televisão como o MusiKaos do Gastão Moreira e no Riff da MTV, atualmente a banda participou da edição nordestina do festival de música independente Abri Pró Rock e participará do maior evento underground do país o Da Tribo Rock Festival, além de muitos e muitos shows pelo Brasil afora... 

1

          Depois de várias citações é impossível passar pelo estilo ileso, sem notar que ele é o grande nome atualmente nas terras tupiniquins, que é possível acreditar e levar em frente o cenário extremo no Brasil. A esperança é que a grande força do estilo principalmente no Brasil continue, isto é, se não aparecer por aí um estilo pseudo misturando o Death com berimbaus, samplers eletrônicos, dj's, rap, axé, carlinhos brown e não vai rindo não, pois até o Death Melódico já existe e tá dando cria que nem coelho...  

   

# B.O.H.M. - Você está em:  

# Exclusivoa

_matérias a

_death metal brazuca
h
© Copyright Baronshell - 2000/2002 - Todos os direitos Reservados - All Rights Reserved.
1