CREATINA MONOHIDRATADA *

 

     CREATINA MONOHIDRATADA ...

        A creatina é um fator essencial para a fonte principal usada na contração muscular. Ela existe em duas formas diferentes dentro da fibra muscular: livre (quimicamente sem ligações) e como fosfato de creatina. Esta última forma de creatina corresponde a dois terços do estoque total de creatina.

        Quando seus músculos se contraem, o combustível inicial para este movimento é um composto chamado ATP. O ATP fornece sua energia liberando uma de suas moléculas de fosfato. Ele então se torna um composto diferente chamado ADP. Infelizmente, só existe ATP suficiente para fornecer energia por aproximadamente 10 segundos, então para a contração muscular continuar, mais ATP deve ser produzido. O fosfato de creatina ajuda dando sua molécula de fosfato para o ADP, recriando o ATP. Este ATP pode então ser queimado novamente como combustível para mais contração muscular.

        O ponto decisivo é que sua habilidade de regenerar o ATP depende do seu estoque de creatina. Mais creatina, mais ATP recriado, e mais habilidade de treinar os seus músculos até seu potencial máximo. Esta maior síntese de ATP também evita que seu corpo use outro sistema de energia chamado glicólise, o qual tem o ácido lático como subproduto. Este ácido lático cria a sensação de "queimação" que você sente durante exercício intenso. Se a quantidade de ácido se torna grande demais o movimento do músculo para. Mas se você continua usando ATP devido à toda creatina que você tem, você pode minimizar a quantia de ácido lático produzido e se exercitar mais tempo e mais intensamente.

Onde é produzida ?

A creatina é sintetizada no fígado e no pâncreas pelos amino ácidos arginina, glicina e metionina. Ela também é encontrada na carne vermelha, mas em baixas concentrações. 

Efeitos colaterais...

Alguns efeitos colaterais tem sido atribuídos à creatina, alguns dos quais são: náusea, desconforto estomacal, tontura e diarréia. Os efeitos causados pelo longo uso da creatina ainda são desconhecidos. Existe forte evidência de que o excesso de creatina possa causar complicações renais.

Formas de Utilização...

A administração da Creatina Monohidratada consiste em duas fases : uma fase inicial de acumulação e outra de manutenção.

Fase de acumulação: tomar 5 g de creatina, 4 vezes por dia a cada 4 horas.
durante 5 dias; 

Fase de manutenção: tomar de 4 à 5 g de creatina por dia.

Qualquer quantia acima das indicadas, não será absorvida pelo corpo. Assim, tomando doses acima destas, você só estará desperdiçando seu dinheiro. 

Para obter bons resultados tenha uma alimentação equilibrada, com a quantia adequada de proteínas, e beba muita água, para auxiliar no processamento e absorção da creatina.

Onde encontrar...

A creatina pode ser encontrada em farmácias ou lojas especializadas em suplementação esportiva. No Brasil a Probiótica, produz a creatina com excelente qualidade !

www.probiotica.com.br

Tipos de Creatina...

Creatina Pura : Substância que melhora os níveis de energia e auxilia na hipertrofia muscular. Indicada para atletas cujo esporte ou atividade física são de alta intensidade e curta duração, como corridas de 100 m, natação 25 m, levantamento de pesos; e para atletas de musculação que querem otimizar sua hipertrofia. A Creatina Pura pode ser tomada com água, suco ou bebida energética, antes do exercício para melhorar a energia e após o exercício com uma bebida energética para auxiliar na hipertrofia muscular e repor glicogênio.
APRESENTAÇÃO: Frasco com 100 e 300 g ( Fabricante : Probiótica )

Creatina Power : É um suplemento composto por Monohidrato de Creatina e Maltodextrina que, juntos na proporção adequada, assumem a propriedade de elevar os estoques de energia no organismo, proporcionando ao atleta um melhor rendimento em exercícios intensos de curta ou longa duração. Nos sabores uva e frutas cítricas
APRESENTAÇÃO: Frasco com 840 g ( Fabricante : Probiótica )

Creatina Micronizada HPLC : Substância que melhora os níveis de energia e auxilia na hipertrofia muscular. Indicada para atletas cujo esporte ou atividade física são de alta intensidade e curta duração, como corridas de 100 m, natação 25 m, levantamento de pesos; e para atletas de musculação que querem otimizar sua hipertrofia. A Creatina Micronizada HPLC pode ser tomada com água, suco ou bebida energética, antes do exercício para melhorar a energia e após o exercício com uma bebida energética para auxiliar na hipertrofia muscular e repor glicogênio. 
APRESENTAÇÃO: Frasco com 100 e 300 g. ( Fabricante : Probiótica )

 A micronização é um processo físico de redução da partícula da creatina a níveis muito pequenos, conferindo ao produto um aspecto de pó finíssimo. Isto determina uma melhor solubilidade à Creatina Micronizada, aumentando assim sua absorção.
Acompanhando as mais avançadas tendências internacionais, a PROBIÓTICA lança no mercado brasileiro a primeira CREATINA MICRONIZADA HPLC (High Performance Liquid Chromatography). Esta sofisticada análise permite qualificar a pureza do produto. Consumir creatina com atestado HPLC, significa ingerir um produto com máxima qualidade e pureza.


Contra-Indicações

    Por se tratar de um suplemento recentemente descoberto e com poucas pesquisas científicas acerca dos resultados, fica difícil relacionar as contra-indicações. Portanto, antes de sair tomando Creatina como se fosse refrigerante, procure um nutricionista competente !!!