Historia - Beisebol

Historia - Beisebol

     
Home
Noticias
Historia
Fotos
Resultados

O INTERUSP É NOSSO!!!: O Beisebol e o Softbol da FEA fazem a "dobradinha" e conquistam os inéditos títulos do Interusp em Araraquara.

Não poderia ter sido melhor, depois de várias tentativas e algumas decepções nos últimos anos, finalmente o Beisebol e o Softbol feanos conseguiram conquistar o título do InterUSP, mais importante torneio universitário da USP, premiando todo o nosso esforço e trabalho.

A campanha do beisebol foi impecável com 3 incontestáveis vitórias por "called-game"

Depois da boa campanha na Copa USP (onde só não conseguiu o título devido a um erro do juiz no final do jogo), o time passou a contar com a orientação do Koiti e do Dawn (Kléber Ojima, pithcer da seleção brasileira) que foram muito importantes para a arrancada que o time deu na preparação final, principalmente com relação a confiança e experiência que passaram ao time.

O time chegou a Araraquara muito unido e disposto a conquistar o título e o primeiro adversário era a Poli, atual bicampeã e que nos eliminou em todos os torneios que participamos em 2001. O time, que entrou em campo desde o início muito concentrado, era composto por Tetsu, Daniel, Axé, Márcio, Dinho, Mosca, Tchans, Binho e Breno. Logo no primeiro ataque, o time começou arrasador e com hits de Dinho, Márcio, Binho e Axé abriu 5 a 0. Com um home-run do Mosca no segundo inning e mais dois pontos no terceiro, fomos abrindo vantagem, já que a defesa não estava tendo problemas devido aos grandes arremessos do Tetsu que permitiu apenas dois hits no jogo inteiro. No sexto inning, com mais um hit do Márcio, abrimos 10 a 0 e garantimos uma inédita vitória por called-game sobre a Poli e a vaga na semi-final.

No sábado teríamos pela frente a Odonto, time contra quem estávamos invictos mas que vinha evoluindo muito ultimamente. O Márcio começou nos arremessos desta vez e o início do jogo não fácil com a Odonto abrindo 2 a 0 através de um home-run, mas o ataque mais uma vez funcionou muito bem e conseguiu seguidos hits que deram uma tranqüila liderança na partida. A FEA continuou jogando bem quando Binho passou a ser o pitcher e Suguita substituiu o Márcio e o jogo acabou com nossa vitória por 15 a 4, novamente por called-game no sexto inning. Na outra semi-final, a partida foi definida após uma dolorosa e impressionante cena: o pitcher da São Francisco fraturou o braço durante um arremesso, forçando seu time a desistir do jogo. Com isso, a Pinheiros foi a final e teríamos a chance de devolver a nossa injusta derrota na final da Copa USP.

Em sua sétima participação no InterUSP, o Beisebol da FEA finalmente chegava a sua primeira final e teria pela frente uma de suas maiores rivais, a Medicina Pinheiros. Esta era a última chance para muitos jogadores de conseguir o título e a FEA começou o jogo mostrando que não estava disposto a perder esta oportunidade: após hits do Mosca e Nebuya, Binho arrancou um belíssimo home-run no left-fielder e abrimos 3 a 0 no placar e ganhamos moral e confiança para buscarmos o título. Como os arremessos de Tetsu continuavam estavam arrasadores, a Medicina teve que apelar mais uma vez para o baixo nível de sua torcida e de seu time, através de incansáveis xingamentos a nossos jogadores e a nossa torcida, mas felizmente isso não adiantou, pois Dinho arrancou mais um home-run no terceiro inning e com mais um ponto do Márcio, o placar marcava 5 a 0. Eles esboçaram uma reação marcando seu primeiro ponto, mas no ataque seguinte, após o pitcher deles deixar os nossos três primeiros arremessadores andarem, Tetsu rebateu um espetacular Grand-Slam, um home-run com as bases lotadas, e praticamente acabou com o jogo e decretou o silêncio na torcida adversária. Ainda marcamos mais 2 pontos nesse inning e mais 2 no quinto, totalizando os 13 a 1 do placar final, mas o orgulhoso e desequilibrado pitcher da Medicina ainda nos reservou uma lamentável cena: foi expulso após agredir o juiz com uma "gravata". Isso acabou dificultando um pouco as coisas para nós, pois seu substituto não permitiu que marcássemos nenhum ponto no sexto inning, mas como o Tetsu continuava com sua impecável partida em que permitiu apenas 1 hit, o jogo acabou quando ele conseguiu seu décimo segundo strike-out da partida e a FEA ganhava mais um jogo por called-game no sexto inning e sagrava-se pela primeira vez em sua história Campeã do InterUSP.

A nossa campanha mostra que a FEA foi inquestionavelmente a melhor equipe do campeonato: foram três vitórias por called-game, inclusive sobre a Poli (Campeã em 96, 2000 e 2001) e Pinheiros (Campeã em 97, 98 e 99), 38 pontos marcados, apenas 5 sofridos e 4 home-runs (Mosca, Binho, Dinho e Tetsu). Um time muito unido e que se preparou treinando muito para chegar ao seu objetivo e mereceu a conquista do título. Agora é continuar treinando para os próximos campeonatos e comemorar muito! FEA-USP!!! CAMPEÃ INTERUSP 2002!!!