comex_historico
COMEX - HISTÓRICO
anterior
HISTORICO DO COMERCIO INTERNACIONAL
Egito (4.000 a.C)
? Economia baseada na agricultura
? Comércio à base de trocas.
? Parceiros : ilha de Creta, Fenícia, Palestina, Síria.
? Exportações: trigo, tecidos de linho, cerâmica fina
Importações: ouro, prata, marfim, madeira.
Mesopotâmia (3.500 a.C)
? Povos: sumerianos, babilônios, assírios, caldeus.
? Agricultura e, em seguida, comércio.
? Código de Hamurábi: regulamentação rígida do comércio e de todas as transações econômicas.
Fenícios (1.800 - a.C)
? Vaga confederação de cidades-estados
? Grandes comerciantes e navegadores.
? Ampla frota comercial e transações em todo o Mediterrâneo : matérias-primas e produtos manufaturados provenientes do Oriente.
? Principais centros comerciais: Tiro e Sidon. Grécia (1.200 a.C)
? Tempos homéricos: agricultura e pecuária
? Cidades-estados:
Atenas
comércio próspero e cultura urbana
?  Período helenístico (300 a.C)
? Alexandria: porto e grande centro comercial / diversidade de produtos/ novas rotas terrestres e marítimas: Ásia, Oriente Médio e Europa.
? Comércio baseado em moedas de ouro e prata.
Império Romano (700 a.C. – 470 d.C)
? Base econômica: troca de produtos entre as regiões banhadas pelo Mediterrâneo.
? Grandes importações de artigos de luxo das províncias e do exterior.
? Ampliação das fronteiras.
? Construção de estradas e sistema “postal”.
? Idade Média (400 d.C – 1.300 d.C)
? Civilização bizantina:
?  Constantinopla: núcleo do comércio entre Oriente e Ocidente/ entreposto de ligação Europa-Ásia.
? Civilização sarracena (árabe/muçulmana):
? Base da riqueza: comércio e indústria
? Marinheiros e exploradores: espírito de aventura
? Expansão comercial: Europa, Ásia e África
? Uso de instrumentos comerciais
? Idade Média (400 d.C – 1.300 d.C)
? Regime feudal : grandes propriedades/ terra como fonte do poder/ relações de suserania e vassalagem/ feudos como unidades auto-suficientes/ economia de subsistência.
? Século XI: surgimento dos centros comerciais como Veneza, Genova e Pisa/ incremento do comércio/ crescimento do poder das cidades/ corporações. 
? Século XII-XV: Liga Hanseática.
? Renascença ( Séc. XIV-XVI):
? Coletivismo cede lugar ao individualismo
? Surgimento da sociedade burguesa
? Desenvolvimento do sistema bancário
? Desenvolvimento do capitalismo
? Revolução Comercial
? Grandes descobrimentos

O comércio torna-se um empreendimento mundial

? Mercantilismo (Séc. XVI – XVIII)
? Defendia que a prosperidade de uma nação era determinada pela quantidade de metais preciosos existente dentro de seus limites.
?  Se  o país não tivesse acesso direto ao ouro e à prata, deveria estimular o comércio exterior, pois através de uma balança comercial favorável aumentaria o estoque de metais preciosos.
? Protecionismo estatal/ intervenção do Estado/ forte autoridade central.
? Sistema  de  intervenção  governamental para promover a prosperidade nacional e aumentar   o poder do Estado:
? Tarifas para reduzir ou impedir as importações
? Prêmios às exportações
? Fomento à indústria e ao comércio em detrimento da agricultura
? Controle sobre o bem-estar dos cidadãos (saúde, casamento, salários)
? Aquisição e exploração de colônias.
1