Um abraço do amigo   poeta,

 
Praia
by-Caio Lucas
 
Um corpo ao sol,
moreno,
brilhante,
bronzeado,
repousa na areia molhada,
deixando aparecer contornos,
refletindo desejos me encabulando,
mostra toda minha fragilidade,
não tenho como controlar
meus pensamentos,
meu olhar se divide
entre teu corpo e teus olhos,
quero começar um papo,
chegar junto,
sentir este bronzeado de pertinho,
ter desejos realizados,
te excitar,
brincar na areia,
virar criança por instantes,
não deixar escapar da natureza,
te ganhar,
tudo teu me enlouquece,
teu rosto de menina,
teu corpo de mulher,
teu sexo de amante,
como não perceber tua voz suave
e provocante,
vamos ficar juntinhos
esperando a noite,
quero fazer amor com a luz do luar,
vou reacender o brilho do teu olhar,
limpar nossos corpos água salgada,
sentir teu gozo junto com um sorriso,
sentir a areia incomodando
e nem ligar,
vou tirar proveito,
ser safado,
mas compensar com carinhos,
te agradar,
depois do amor vamos entrar no mar
fazer o batismo de nosso amor,
comemorar uma relação perfeita,
meu corpo no teu dentro das ondas,
unindo nosso amor pela natureza,
quero enlouquecer com teu amor,
você me faz sentir mais homem,
teu homem não importa onde.

19/06/2001
 

 

 

Web Designer Rosinh@ Jardinn

© 2001-2001-Copyright- 

Protegido pela Lei 9.610 de 19-02-98-art.184 -do Código penal em favor dos Direitos Autorais