Nos últimos 6 anos, pesquisando fotos de sexo entre homens, o jornalista Otávio Lima Brito selecionou algumas cenas em que o prazer é produzido oralmente.
Segundo
Otávio Brito, "geralmente há uma boa plasticidade nas cenas de sexo oral, dando maior destaque para o órgão genital ou explorando mais as sensações dos seus participantes. Daí meu interesse por este tipo de foto, além de colecionar cenas de masturbação a dois, que costumam explorar bem os genitais e as sensações de prazer.". (As fotos de masturbação a dois selecionadas por Otávio Brito aparecem no site "Masturbação a Dois").
  As pesquisas de Otávio Brito se concentraram não só nas fotos, mas também nos principais estudos sobre o comportamento sexual masculino feitos nos últimos 10 anos. Um destes estudos foi desenvolvido pelo jornalista
Carlos Alberto Antunes Vaz de Lima, constatando que um grande número de homens heterossexuais têm experimentado práticas de sexo com outros homens, e que o interesse por este tipo de ato sexual tem crescido bastante principalmente nos EUA. O estudo cita que o interesse por práticas homossexuais teve impulso maior a partir de 2001, quando revistas e sites norte-americanos especializados em homoerotismo lançaram um desafio para que modelos, atores e astros-pornô heterossexuais participassem de fotos praticando a masturbação a dois com outros homens. Muitos dos modelos e atores novatos se interessaram pelo desafio, e alguns deles conseguiram alcançar muito sucesso dentro do meio, onde foram consagrados e eleitos pelo público como especialistas na arte da masturbação e do sexo entre homens.
 Desde então, o crescente interesse de heterossexuais em atuar em fotos e filmes para público homossexual tem servido como um dos principais estímulos para a expansão do mercado profissional homoerótico; fazendo com que surjam muitos novos sites e revistas voltados para o público homossexual masculino, contendo vários tipos de ato sexual. Os grandes sites e revistas têm também contratado os melhores psicólogos especializados em sexualidade humana, para selecionar os profissionais e avaliar suas possibilidades de atuação, analisando suas motivações, conflitos e desejos. Após a seleção, os psicólogos fazem um acompanhamento periódico destes profisisonais, o que funciona para auxiliar no preparo psicológico necessário, como forma de evitar dificuldades durante a atuação profissional. Na maioria das vezes, após o devido preparo, já familiarizados com as práticas, os heterossexuais conseguem se integrar totalmente no meio, empenhando-se e sendo bem sucedidos neste tipo de entrenimento homossexual.
 Em entrevista com o modelo e ator-pornô Victor Fleisher,
Carlos Vaz colheu o seguinte depoimento a respeito das práticas de sexo oral:
 
"A dificuldade maior é desfazer-se dos preconceitos, da idéia fantasiosa de que praticar sexo com outro homem poderia modificar a sua orientação sexual. Mesmo tendo a certeza de minha própria orientação sexual, e tendo entrado no meio sabendo como iria atuar, fiquei inseguro inicialmente; mas com a prática, descobri que não houve nenhuma mudança no meu interesse sexual. Essa constatação me deixou tranqüilizo para trabalhar, e assim descobri um novo tipo de prazer, que é o de provocar em outro homem algo que sei que é prazeroso por também poder sentir, e assim compartilhar esse prazer e sentir várias reações novas. É algo totalmente diferente de uma relação com mulher, mas por isso mesmo traz sensações novas e diferentes tipos de prazer. Era de início bem assustador só de pensar, mas na prática tem sido bastante prazeroso e tranqüilo para mim. Essa experiência me estimulou ainda a praticar a auto-felação, que utilizo tanto na profissão como também em minha vida particular, e essa prática tem auxiliado a minha sexualidade de uma forma geral.
A felação e a autofelação foram muito úteis na minha vida, pois foram estas práticas que me ajudaram a controlar melhor minha ereção e minha ejaculação, e a descobrir novas formas de estimular e prolongar o prazer."

 Fotos de sexo contendo homens como Victor Fleisher são muito comuns de se encontrar na internet, e assim são difundidas para milhões de pessoas através do mundo. A maioria dos sites não cataloga as fotos por modalidades de ato sexual (sexo oral, sexo anal, por exemplo); mesmo porque essas modalidades às vezes se combinam nas fotos, o que enriquece ainda mais tal tipo de entretenimento pornô.  No entanto, os jornalistas
Carlos Vaz e Otávio Brito, juntamente com o psicólogo Marco Lima, resolveram inovar, dedicando-se a catalogar fotos para criar este site inteiramente sobre cenas de sexo oral, e as fotos foram assim selecionadas pelos seguintes critérios: plasticidade, aparente sensação de prazer dos participantes, e sensação de prazer que oferecem para quem as observa.
 Outro diferencial de nosso site é ser inteiramente gratuito.
 As fotos contidas aqui foram selecionadas a partir de outros sites, Fotologs e blogs, ou cedidas por internautas; e contêm os devidos créditos (nomes dos modelos, fotógrafos e fontes).
 Apreciem, sem nenhuma moderação!


DEFINIÇÃO DE SEXO ORAL:
"Sexo oral (também chamado de "felação" e "felatio") é todo tipo de estimulação sexual feita por uma pessoa utilizando a boca em uma outra pessoa, de forma consciente, direcionada para os genitais. Pode servir também para diminuir uma tensão sexual pré-existente, através de uma descarga orgástica. O sexo oral pode ser um dos tipos de preliminares do ato sexual, ou ser praticado exclusivamente. Pode ocorrer em atos heterossexuais (entre homem e mulher), homossexuais (entre homens, ou entre mulheres), bissexuais (entre dois homens e uma mulher, ou entre duas mulheres e um homem) ou grupais (podendo conter atos hetero, homo ou bissexuais). Podem haver várias formas de sexo oral, incluindo a possibilidade de um dos participantes apenas receber as carícias e não atuar, ou em que ambos atuem (posição 69); entre outras possibilidades.

Envie para nós suas fotos de sexo oral: carinhoadois@yahoo.com.

< SOU MENOR DE IDADE OU NÃO QUERO VER NADA DISSO        POSSO E QUERO VER FOTOS DE SEXO ORAL ENTRE HOMENS >