Reportagens 2007


Depois de 39 anos, Champ Car regressa a Mont-Tremblant

 

Por Wallace Michel

 

Sebastien Bourdais é o mais rápido, superando recorde anterior de Mont-Tremblant.

 

E a espera finalmente terminou. Passados longos 39 anos finalmente a Champ Car regressa ao circuito canadense de Mont-Tremblant. Pode ter sido somente uma sessão de testes privados para sete equipes e doze pilotos, porém escutar o ronco dos motores Cosworth turbocomprimidos trafegando sobre a pista de 4.260 metros como foi música aos ouvidos de todos os presentes, sendo, todavia, um som conhecidamente melodioso para os pilotos da categoria.

Não foi apenas uma doce melodia para os ouvidos do novato Robert Doornbos (Minardi), o mais rápido no primeiro dia de treinos coletivos, com o tempo de 1min17s970, sendo também esse o dia do retorno de Paul Tracy à equipe Forsythe, desde seu acidente nos treinos para o GP de Long Beach. O piloto canadense começou a recuperação imediatamente e recebeu o aval para competir após avaliação do médico Terry Trammell. O Tracy conseguiu apenas o oitavo tempo (1min19s020), mas ele não se importou muito com o resultado já que estava muito satisfeito com seu regresso as pistas.

"É muito bom voltar ao carro depois de um intervalo", disse Doornbos. "Todos os engenheiros fizeram um grande trabalho em cima dos dados dos testes de Portland, e isso foi mostrado nos testes daqui. Mont-Tremblant é um ótimo circuito e uma cidade maravilhosa. É muito desafiador e divertido de dirigir".

"Estive de fora nas últimas cinco semanas e sei que não estou pronto para me aposentar", comentou Tracy. "Estava deixando minha esposa e meus amigos loucos! É muito bom voltar ao carro novamente e me ocupar, é isso o que quero fazer. Vai levar um tempo até eu não sentir nenhuma dor, mas quando estou no carro, estou bem".

Enquanto as atenções estavam todas voltadas à volta de Tracy ao automobilismo, os outros pilotos tentavam explicar as impressões que tiveram sobre o traçado. O piloto da equipe Newman Haas Lanigan, Graham Rahal, o classificou como "grandioso" enquanto que o outro estreante Simon Pagenaud do Team Australia encontrou-se sem palavras para poder descrevê-lo, porém um enorme sorriso brotava em seu rosto durante todo aquele dia. Alex Tagliani da Rsports, que competiu em Mont-Tremblant no início de sua carreira, não podia estar mais contente por regressar a sua "casa".

No segundo dia, o francês Sebastien Bourdais (Newman Haas Lanigan), atual tricampeão e líder da temporada, foi o mais rápido, com o tempo de 1min16s410. "A pista parece ter muito mais aderência, então algumas vezes ficava difícil ler o que as mudanças estão fazendo e o que está na pista, mas acho que fizemos alguns progressos", disse Bourdais. "Houve alguns itens que ficaram faltando uma resposta, porque não fizemos muitas voltas com a regra de tempo de teste limitado. Não usamos muitos pneus também, então estou muito feliz com o modo como tudo se desenvolveu. Espero que possamos voltar aqui e ter uma boa corrida".

"É uma pista muito divertida de pilotar e muito rápida. Também é raro ver todos esses caminhões no paddock de Tremblant. Por fim, estamos de volta," explicou o canadense
Tagliani. "Acredito que teremos uma prova muito boa para os espectadores. É impressionante o comportamento dos nossos carros, e as velocidades que podemos alcançar. Estou impressionado com as velocidades ao quais estamos rodando, e quando o carro está bom, como nesses testes, tudo fica mais simples".

 

Voltar


 

Copyright© 2005 Champ Car Brasil.

1