Neste Outono que atravesso,

e que prometo transformar

 em Primavera,

vou pisar o chão

da minha estrada com firmeza,

vou sorrir a todos

que caminham pela berma,

só por medo

de chocarem com a Vida,

vou saltar por cima dos escolhos,

vou olhar tudo

com os olhos da ternura,

e ao chegar,

serena

e vencedora,

cair nos braços de quem

por mim espera!

E se tiver chorado…

saberei que terá valido a pena!

 

 

 

Corina

23 de Fevereiro de 2005

 

 

 
 
 
 
 
 
1