V I D A

 

 

 

 

Hoje não vou.

Não vou nessa corrida desenfreada,

Atrás da vida desencontrada

Que do lado de lá

Me acena…

E me incita à caminhada.

 

Não vou.

Fico aqui,

Sentada…

Olhando o caminho,

Desanimada…

Cansei-me do pó da estrada,

Dos desencantos vividos,

Dos amigos que não são,

Da alegria roubada.

 

Fico aqui.

Quieta…

Sufocada pela solidão que mata,

Perdida já na saudade

Daquela vida…

Vida com hora marcada.

                           

                                          2005/04/28

Corina Simões


 

 

1