Home
  Objetivos
  Contato

Quem ama, compreende; e quem compreende trabalha pelo mundo melhor.

O Expositor Espírita e a Inspiração

Quando o irmão expositor se propõe a divulgar a doutrina dos espíritos através da palavra, ele se coloca na condição de instrumento perante a espiritualidade maior, ele é ali um representante do consolador prometido, e tem grandíssima responsabilidade no que fala perante ao público, ali neste momento ele está sendo um canal mediúnico no qual os benfeitores espirituais irão dar as suas orientações e desenvolver o estudo. O expositor é um médium inspirado, não está falando sozinho na divulgação do evangelho do mestre de Nazaré.

Muitas vezes estudamos tal tema, mediunidade por exemplo, e momentos antes os nossos amigos e benfeitores espirituais nos orienta a falar sobre o perdão ou o suicídio, é porque naquele momento a necessidade é maior que se fale sobre aquele tema, as pessoas precisam ouvir sobre o perdão. Aí está a prova que nós somos influenciados pela espiritualidade, mais do que imaginamos, embora temos sempre o livre arbítrio.

Estudemos esta mediunidade no Livro dos Médiuns, cap XV, item 182 e 183. Observemos estas palavras: "Se todos estivessem bem compenetrados desta verdade ninguém deixaria de recorrer com freqüência a inspiração do anjo da guarda, nos momentos em que se não sabe o que dizer, ou fazer. Que cada um pois, o invoque com fervor e confiança, em caso de necessidade."

Mais isto tudo não exime o expositor de estudar bastante a doutrina espírita e o tema proposto, para que ele tenha conhecimento de causa e possa ser melhor inspirado.

Idenem Agueda (Inspirado pelo espírito Esther em 02/03/07)

juegos casinos
blackjack online


Todos os Direitos Reservados  •  Corrente Espiritual Paz e Luz  •  Copyright © 2007
Design por Fellipe Cussa  •  contato: fellipe.cussa@gmail.com

 

1