AGAPORNIS WRLD®

Home Espécies Genética Tabelas Mutações Alimentação reprodução Saúde Fotos Links

 

ALIMENTAÇÃO

 

Há um ditado popular que demonstra a importância que tem uma boa e equilibrada alimentação dos agapornis que é o seguinte:

" Os pássaros criam pela boca"

Esta deve de ser considerada a 1ª regra na criação de qualquer espécie de Aves.

Os agapornis são granivoros e como tal a sua alimentação é á base de sementes, complementada com papas (farinhadas), frutas e verduras.

São várias as sementes que constituem a dieta dos agapornis , devendo de ser dadas nas proporções certas de modo a evitar carências e excessos. Muitas são as formulas destas misturas em que cada criador ou marca de comidas põe um pouco mais de "sal em seu manjar".

Uma das formulas mais utilizadas em Portugal é a seguinte:

Milho alvo amarelo

20%

A qualidade das sementes

A qualidade das sementes é de extrema importância para o bem estar físico das Aves.

Sendo as sementes a base da alimentação dos agapornis, a qualidade das mesmas deve de ser a nossa primeira preocupação.

Algumas das doenças das aves são transmitidas através de microtoxinas e ácaros existentes em sementes de má qualidade e a uma deficiente armazenamento das mesmas por parte de quem as comercializa. Quanto mais limpas e polidas forem as sementes, melhor é a sua qualidade.  Sementes com cheiro a mofo não devem de ser administradas.

Quantos de nós já não sentiram comichão na mão e no braço que esteve mexendo nas sementes?..........Isto é a prova da existência de ácaros nas mesmas.

Prefira as sementes devidamente embaladas e compre em locais que saiba que têm uma boa renovação dos seus stocks, evitando assim comprar sementes velhas que perderam parte do seu valor nutritivo.

Milho alvo branco 12,5%
Milho alvo japonês 3%
Girassol raiado 15%
Girassol Branco 7,5%
Alpista 12%
Cartamo 7,5%
Aveia descascada 7,5%
Trigo serraceno 5%
Arroz com casca 3%
Cânhamo 3%
Linhaça 3%
Niger 1%

Outra formula que está sendo bastante utilizada na Europa com resultados muito positivos e que se caracteriza essencialmente pela ausência das sementes de girassol é a seguinte:

Milho alvo amarelo

36%

O Girassol

O girassol é muito rico em gordura e quando dado em excesso faz com que os pássaros engordem diminuindo o seu ardor sexual.

Os agapornis são aves muito inteligentes e bastante selectivas na sua alimentação, comendo as sementes que mais se adequam ás suas necessidades durante a fase de criação em que se encontram, desde que tenham oportunidade de escolha.

Quando criava agapornis no meu apartamento, colocava sempre o girassol num comedouro á parte e constatei que quando os casais estavam para iniciar a postura comiam muito menos girassol, chegando por vezes a deixar de o comer, só voltando a fazê-lo quando começavam a alimentar os filhotes.

Este facto chegou a funcionar para mim como um excelente indicador da fase de criação em que cada casal se encontrava, o que evitava que eu tivesse de estar constantemente a ver os ninhos para saber se o casal já tinha iniciado a postura, diminuindo deste modo o stress ás aves por verificação dos ninhos.

Milho alvo branco 14%
Milho alvo japonês 4,5%
Alpista 18%
Aveia descascada 9%
Cartamo 4%
Trigo serraceno 4%
Arroz com casca 3,5%
Cânhamo 2%
Linhaça 2%
Niger 3%

Formula utilizada no Brasil   

Girassol 30%
Alpista 30%
Painço 20%
Niger 10%
Cartamo 5%
Aveia 3%
Pirila 2%

É extremamente difícil calcular a quantidade de sementes a ser administrada diariamente, pois a mesma depende de vários factores. É preferível ter que soprar as cascas diariamente e acrescentar mais sementes do que faltarem as mesmas.

 

Home Espécies Genética Tabelas Mutações Alimentação reprodução Saúde Fotos Links

 

        Clube   agapornis                  

Copyright © 2003 Viveiro Curval.
Actualizado: 08/16/03
   

 

1