Angel The Lost Vampire
Menu
Principal

 

Atualizado em 10/04/2000

 

  • Dragon Ball Z
  • Dragon Ball Gt
  • Macross
  • Neon Genesis Evangelion
  • Ruroni Kenshin (Samurai X)
  • Yuu Yuu Hakusho

     

     

     

     

    Tem algum outro anime que você quer ver por aki?

    Mande um email:

     

     

     

    Melhor visualizado a 800 x 600
    browser 4.0 ou superior



  •   Anime e Mangá



    Anime, na definição mais simples, significa animação (desenho animado) japonesa. No Japão, o anime está presente no cotidiano de cada habitante e por isso lá é considerado cultura além de ser um negócio muito lucrativo para as empresas de animação e distribuição. Todo ano, centenas de títulos são lançados movimentendo milhões de dollares. No Brasil, o anime já tinha chegado na década de 70 / 80, talvez devido a grande colônia japonesa que existe aqui. Quem não se lembra das séries antigas como Speed Racer, Robô Giagante, Macross, Zillion entre outras. Mesmo assim ainda existe muito preconceito no Brasil em relação ao anime e às pessoas que gostam de anime. Os argumentos mais freqüente dos preconceituosos é que os animes estão impregnados da cultura japonesa (normalmente as pessoas que dizem isso idolatram a cultura norte-americana) e que é ridículo pessoas gostarem de "desenho animado" que só tem personagens com olhos enormes. Tais argumentos são muito vagos, pois ainda que o anime muitas vezes se baseie na cultura oriental, ele sempre trata de temas universais como o Amor, a Amizade e a Comédia. E os personagens nem sempre têm "olhos enormes", o design dos personagens varia de autor para autor. Existem animes com traços quadrados a redondos, com personagens de olhos grandes a olhos pequenos, com características quase reais a surreais. O mangá diferentemente dos quadrinhos ocidentais, não é direcionado exclusivamente ao público infanto-juvenil, ele atende aos mais diversos tipos de leitores, desde crianças que ainda estão aprendendo a falar até a idosos. Assim como o anime, o mangá também trata de temas universais. Na verdade o anime e o mangá estão intimamente ligados, é comum um mangá ser lançado para anime e vice-versa. É por causa dessa amplidão que o mangá e o anime são tratados como arte. Sonia Bibe Luyten autora do livro Mangá - O poder dos quadrinhos japoneses escreveu sobre o poder do mangá: "Japão é o país onde se consome a maior quantidade de quadrinhos no mundo. As cifras de vendagem chegam anualmente a bilhões de exemplares. A indústria multibilionária dos mangás atinge toda a população porque tem uma de suas bases apoiada na estreita e íntima ligação entre os personagens e o público. Os heróis de mangá se solidarizam com o leitor: eles lutam, amam, brigam, aventuram-se, viajam e até exercitam-se por ele. Também o faz esquecer das longas horas nos trens, metrôs, do trabalho monótono e mecânico nos escritórios, do inferno dos vestibulares, das casas apertadas, da multidão nas ruas e dá energia para o dia seguinte."

     

     

     


    Voltar para ÐÅK²"s World




    ÐÅK²'s UIN: 12664314

     

     

     

    1