Black Sabbath historia........ discos e cd's...... frases...... letras........ principal...... integrantes...... Home Page...... curiosidades

Frases faladas pelo Black Sabbath



"Nós éramos pobres. Literalmente pobres. Se não fosse pela mãe de Tony acho que não teríamos conseguido. Ela costumava fazer sanduíches e nos dava cigarros."
Ozzy - 1985

"Eu entrei na banda para viajar, não para ser um rockstar. Eu nem pensava em gravar um disco quando fizemos o primeiro álbum. Depois eu só queria dizer 'olha mãe, olha o que fizemos - minha voz em um pedaço de plástico para sempre'."
Ozzy - 1985

"Eu e Bill não podiamos sair ao mesmo tempo, a gente dividia um único par de sapatos."
Ozzy - 1970

"O Sabbath foi uma reação contra aquela merda toda de paz, amor e felicidade. Era só olhar em volta e ver em que bosta de mundo a gente vivia."
Ozzy - 1970

"Acho que estou ficando louco, mas enfim, enquanto estiver aproveitando, tudo bem."
Ozzy - 1972

"Eu frequentei um psiquiatra por algum tempo. Ele fazia jogos com minha mente. Ele perguntava coisas como 'você se masturba'? E eu perguntava 'você respira'?"
Ozzy - 1975

"Uma banda aparece e o publico a ajuda, mas quando atinge certo nível, começam a atacá-la."
Ozzy - 1971

"Oh, não, eu nunca atirei em gatos ! Uma vez, atirei num cavalo, pois eu gosto de atirar. Tenho várias armas em minha casa."
Ozzy - 1976

"Uma vez eu fiz o sinal da paz e todo o publico fez também. Então passei a fazê-lo sempre."
Ozzy - 1976

"A única decisão de Geezer é no restaurante, entre um sanduíche ou uma cerveja."
Dio - 1983

"Tivemos que usar o nome Earth por algum tempo, pois alguns lugares não aprovavam o nome Black Sabbath e não faziam propaganda. Só adotamos o nome em julho de 1969."
Tony - 1970

"As pessoas dizem que lidamos com magia negra. Não fazemos sacrificios no palco. Queremos fazer números mais pesados, e as frases de guitarras tem mais a ver com coisas demoníacas do que com amor. Tocamos musicas que falam sobre magia negra, mas elas são mais contra isso que a favor disso."
Tony - 1969

"Acho que não copio ninguém, toco o que sinto e minha influência principal é o Jazz."
Tony - 1970

"Toquei no Jethro Tull durante duas semanas. Mas eu me sentia mais em casa no Black Sabbath; no Jethro eu não tinha certeza de que ia me encaixar."
Tony - 1971

"Sim, eu estive com o Jethro Tull durante três semanas! E daí?"
Tony - 1971

"Ninguem gosta do Sabbath, a não ser o público."
Tony - 1972

"Nossa música parece ser mais maligna que a de outras bandas. Mas essa coisa de magia negra está saindo do controle. Estamos meio interessados nisso, e o pessoal nos dá crucifixos, mas é só."
Geezer - 1970

"Quando fizemos a primeira turnê pelos Estados Unidos, havia o medo de que aquela coisa de magia negra atrapalhasse. Lá, a capa do disco teria só a foto do grupo, nada de bruxarias e cruzes invertidas"
Geezer - 1970

"Sim, eu realmente gosto dele sim. Mas Tony roubou todos os meus álbuns do Sinatra. De onde você acha que vêm aqueles riffs?"
Geezer - 1980

"Tocávamos em bares, dávamos o maior sangue e os caras ficavam conversando. Então aumentamos o volume até ser impossível conversar. E acho que funcionou !"
Bill Ward - 1970

"Nós frequentamos os mesmos bares e temos o mesmo senso de humor. Espero anos e anos de união produtiva e excitante"
Ian Gillan, ao entrar no Sabbath - 1983

"O Deep Purple vai voltar com tudo. E eu devo muito ao Tony e ao Geezer pela força que me deram"
Ian Gillan, ao sair do Sabbath - 1984

"Muitas pessoas estão sempre numa pior, mas não se tocam disso. Estamos tentando transmitir isso às pessoas."
Bill Ward, no lançamento de Masters of Reality - 1971

"Uma vez, durante um show em 1970, o Ozzy sumiu de repente. Quando voltou pro palco, estava pintado de cor de rosa dos pés à cabeça. A gente fazia umas coisas meio esquisitas na época."
Geezer - 1973

"Todos os discos de 1983 até hoje eram pra ter sido trabalhos próprios, mas a gravadora quis que eu usasse o nome Black Sabbath. Era muita pressão, e eu estava muito a fim de gravar, então..."
Tony Iommi - 1990

"Quando entra alguém novo na banda, tem que competir com o passado, o que é muito difícil. Mas ele se deu bem. Alguns dos cantores que ele substituiu são os melhores do mundo."
Iommi fala sobre o vocalista Tony Martin - 1990

1