ðHwww.oocities.org/br/eapsuper/amor_ap2.htmwww.oocities.org/br/eapsuper/amor_ap2.htm.delayedx—ÕJÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÈ0æž;gOKtext/html€X¾:};gÿÿÿÿb‰.HSat, 23 Dec 2000 04:24:08 GMTòMozilla/4.5 (compatible; HTTrack 3.0x; Windows 98)en, *–ÕJ;g Dragon Ball Milênio

Amor - Namoros - Romances

Amor Impossível -  parte 1

Amor Impossível -  parte 2

Amor Impossível -  parte 3

 

Um Amor Impossível - Parte 2

Vegeta fica corado:

Vegeta- Não tinha reparado, importaste de atender o telefone.

Bulma- Sim, fala Bulma da capsula corp., o que deseja?

Trunks- Sou eu mãe o Trunks.

Bulma- Ah és tu, o que queres filho?

Trunks- A Videl mandou me perguntar-te se queres vir para a casa da Videl ver um filme, que a Pan filmou da viagem ao espaço?

Bulma- Quero sim, até posso convidar os nossos amigos que estão distantes, e fazemos um churrasco cá dos meus.

Trunks- Está bem, vou lhes dizer, obrigado mãe, beijo.

Bulma- Outro para ti filhote.

Vegeta- Era o marmelo do Trunks?

Bulma- Mas o que é que tens contra o teu filho, ele não é marmelo?

Vegeta- Eu nem sei se ele é meu filho, não gosto dele e pronto.

Bulma- Contigo hoje, não dá para conversar, se me fazeres um favor telefona para a Tartaruga Genial e convida ele e o Krilin com a família para um churrasco hoje à noite.

Vegeta- Eu telefonar, para eles?

Bulma- SIM TU, QUAL É O PROBLEMA?

Vegeta- Pronto, eu telefono.

                Depois de Bulma e Vegeta telefonarem para todos, o dia parecia nunca mais acabar, Bulma comprou montes de carne para os mais comilões, e finalmente a noite chegou, os primeiros a chegar foi a Bulma, Vegeta e Bra, e assim se seguiram os outros.

Bulma- Vamos fazer um brinde aos nossos heróis, que chegaram são e salvos. VIVA!

Coro- VIVA, VIVA AOS NOSSOS HÉROIS!!!

Goten- Já que estamos a brindar, vou fazer um pedido à Pares, Pares podes chegar aqui?

Pares- Está bem Goten, o que foi?

Son Goten saca do bolso das calças uma caixinha, ficam todos a olhar para Son Goten muito admirados, sem dizerem um piu, nem uma mosca se ouvia. Foi então que Son Goten entra em acção:

Goten- Pares, queres casar comigo?

                Ficam todos de boca aberta a olhar para Son Goten. E abre a caixinha, dentro da caixinha estava uma aliança.

Pares- Goten... não sei o que dizer... queres mesmo casar comigo?!

Goten- Claro que quero, aceitas casar comigo?

Pares- Aceito...eu amo-te...

Gohan- VIVA AOS NOIVOS!!!

Coro- VIVA, VIVA AOS NOIVOS!!!

Pan- É pá, agora vou ter um primo!

Goten- Não sei, acho que muito cedo para pensarmos em filhos.

Pares- Goten, também tenho uma coisa para te dizer.

Goten- O que me queres dizer?

Pares- Não é nada de especial, é só porque, estou grávida de três meses.

Goten- Estás o quem?!

Pares- Estou grávida de três meses.

Goten- Repete lá outra vez, para ver se ouvi bem.

Pares- Vais ser pai Goten.

                Son Goten desmaia, e fica estendido no chão.

Pares- Goten, Goten, acorda, Goten, Goteeeeen!

                Son Goten acorda meio tonto, e faz a mesma pergunta:

Goten- Tu... eu... vou ser pa...pa...pai?!

Pares- Vais, não ficas contente?

                Son Goten desmaia outra vez, ( acho que nesta parte do desmaiar saiu à mãe).

Pares- Acho que ele não ficou contente.

Gohan- Não te preocupes, ele está mais que feliz, só não estava à espera desta, eu também não estava à espera da Pan.

Pan- Fixe, agora é que eu vou ter um primo! Já vistes mãe tu vais me dar um mano e o tio Goten vai-me dar um primo! Viva aos novos membros da família.

Videl- Levanta-te do chão Goten, muitos parabéns papá.

Goten- Eu ainda não acredito, Pares repete outra vez.

Pares- Vais ser papá. Son Goten cai para trás outra vez.

                Depois deste choque que todos apanharam, principalmente o Son Goten e passados alguns minutos, parecidos com uma hora ele recompôs-se, a festa continuou muito animada, a Pan não tirava os olhos do Trunks, e o Trunks estava a ficar preocupado.

Trunks- Pan, diz-me logo o que queres dizer se não eu não aguento.

Pan- Não consigo, vai para o meu quarto que depois vou lá ter.

                O Trunks ficou todo vermelho e subiu para o quarto dele e Pan pouco depois subiu, e ficou encostada à parede a tomar coragem para entrar. Só que a porta estava encostada e Pan caiu para trás, ficando sentada no chão.

Trunks- Pan?! O que estás a fazer aí sentada no chão?

Pan- Caí.

Trunks- Diz logo o que me queres dizer, eu sinto que estás perturbada.

Pan- Tenho a sensação, de estar...

Trunks- De estar o quê?

Pan- Tenho a sensação de estar...

Trunks- Fala, diz, estou a ficar irrequieto.

Pan- Trunks, eu tenho a sensação de estar, GRÁVIDA.

Trunks- Est...estás...grá...grávida?!

Pan- Acho que sim, não tenho a certeza ainda, não tenho coragem de fazer o teste de gravides. O que vou fazer Trunks, se estar grávida, as minhas amigas vão gozar comigo por eu namorar um homem 14 anos mais velho. Sem falar dos meus pais.

Trunks- Tem calma, havemos de encontrar uma solução para isso.

Pan- Trunks, gosto tanto de ti.

Trunks- Amanhã venho te buscar e levo-te ao médico, está bem?

Pan- Eu espero por ti.

Trunks- Não chores, pode ser só uma sensação.

                Mais tarde quando a festa estava quase a acabar, Son Goten sobe as escadas e vai ao quarto de Pan.

Goten- Posso entrar, Pan?

Pan- Entra.

Goten- Trunks quero falar contigo, Pan importastes de ficarmos sozinhos?

Pan- Estão à vontade.

Goten- Eu ainda custo a acreditar, vou ser pai.

Trunks- Parabéns!

Goten- O que tens Trunks, estás com um ar muito sério?

Trunks- Não tenho nada. Com se vai chamar o teu filho?

Goten- Ainda não pensei, tu estás com um problema, eu conheço-te Trunks, o que foi?

Trunks- Amanhã, se se confirmar, eu digo-te.

Goten- Está bem, eu espero. já vistes eu sou mais novo e vou casar primeiro que tu.

Trunks- Quando arranjar namorada caso logo com ela, para o meu pai não me chatear mais o juízo.

Goten- Ainda não tens namorada?! Hoje de manhã disseste-me que tinhas namorada.

Trunks- Eu tenho namorada, mas ela não pode casar.

Goten- Quem é?

Trunks- Amanhã eu digo-te.

Goten- Porquê amanhã?

Trunks- Se quiseres saber, espera. Amanhã direi-te.

Goten- O.K. Então, agora podemos descer.

Trunks- Está bem vamos.

Goten- Queres ser o meu padrinho de casamento?

Trunks- Com todo o gosto.

Goten- Então espero por ti no dia do meu casamento, daqui a sete meses.

Trunks- Lá estarei.

Goten- Agora lembrei-me, o que estavas fazendo de porta fechada com a Pan?

Trunks- Nada, a conversar.

Goten- A conversar...

Trunks- Não tens nada a ver com isso.

Goten- Eu vou andando, solteirão.

Trunks- Ei, agora que te vais casar chamas-me solteirão?

Goten- Claro.

Trunks- Escuro também.

Goten- É melhor desceres, antes que os teus pais se vão embora.

Trunks- Espera eu vou contigo.

                Trunks e Son Goten descem para o andar de baixo onde já se tinham ido quase todos embora.

Goten- Mãe, ainda sobrou alguma coisa do churrasco?

Trunks- Ainda tens fome?!

Goten- MÃE, OH MÃE.

Kika- O que foi filho?

Goten- Ainda há alguma coisa para eu comer?

Kika- Há sim, está na cozinha.

Trunks- Até amanhã Goten.

Goten- Até.

Trunks- Pan, amanhã venho-te buscar.

Pan- Está bem.

Goten- A Pan vai namorar com o Trunks!

Pan- Não vou nada, e não me chateeis.

Goten- Tu é que sabes.