Biquini Cavadão


Discografia:
  • Cidades em Torrente (1986)
  • A Era da Incerteza (1987)
  • Zé (1989)
  • Descivilização (1991)
  • O Melhor do Biquini Cavadão (1994)
  • Agora (1994)
  • biquini.com.br (1998)
  • Remixes (1998)
  • Millenium (1999)
  • Escuta Aqui (2000)
  • 80 (2001)

    Links:
    http://www.biquini.com.br



  • Bem, primeiro a Terra esfriou. Depois, vieram os dinossauros, o homem, o descobrimento do Brasil,...., pra encurtar a estória, em 1983, Bruno, Sheik , Álvaro e Miguel, colegas de terceiro ano do Colégio São Vicente de Paulo, decidiram tocar, junto com mais alguns amigos, num sarau, uma espécie de festival de música. Com uma versão em português do sucesso alemão "DaDaDa" do grupo Trio, eles decidiram fazer daquela ousadia um habito. Após muitas formações, o grupo ficou reduzido a um trio com Bruno no baixo e voz, Miguel no piano e Sheik no casiotone, vulgarmente chamado de "porrinhola". Tocando covers de Kid Abelha e Paralamas, receberam do amigo Herbert Vianna a sugestão do nome "Biquini Cavadão". Bruno passou o baixo para Sheik, Miguel assumiu totalmente o teclado e Alvaro foi novamente chamado para o grupo, desta vez tocando bateria, ao invés de violão.
    Faltava um guitarrista: Carlos Coelho apareceu logo após o segundo show profissional realizado pela banda. A sua integração se deu rapidamente colaborando nas composições e gravando todos os programas de TV. Era como se ele apenas tivesse faltado no dia de tirar fotos para a capa do compacto...
    Na Internet, Bruno assinou diversos textos sobre a escalada dos arquivos MP3 e tornou o Biquini um dos mais antenados grupos. Além disso, participou de um debate na CDExpo sobre o assunto e também criou um site dedicado às novas bandas e sua divulgação através da tecnologia MP3: demos e debuts. Pioneiros, os Biquinis se tornaram a primeira banda a disponibilizar, com o auxílio de uma webcam, todas as etapas de um processo de gravação via Internet, além de incluir um diário de bordo contendo inclusive arquivos MP3 e fotos tiradas no estúdio.
    . Em 2000, infelizmente, a banda passou pela sua primeira grande mudança em quinze anos: Sheik, baixista, saiu no fim de Novembro, após reunião com o grupo. A banda decidiu não incluir ninguém no lugar de Sheik, preferindo tocar com um baixista contratado.
    1