Tanchagem

Tanchagem
Plantago major L. - Plantaginaceae

A tanchagem é uma erva originária da Europa e citada em antigos escritos como uma planta que entrava no preparo da maioria dos remédios. Era considerada sagrada pela tradição anglo-saxã.

Sinônimos: cinco-nervos, erva-de-orelha, plantagem, tanchagem-maior e tansagem.

Outros Idiomas:
plantaginis (latim), great plantain (inglês), planten mayor (espanhol), grand plantain (francês), piantaggine maggiore (italiano) e breit-wegerich (alemão).

Descrição Botânica: A tanchagem é uma planta herbácea, de ciclo perene, que atinge de 15 a 25 centímetros de altura. Não possui caule. Suas folhas são basais, espessas e com nervuras salientes. Suas flores são pequenas, de coloração marrom-avermelhada e agrupadas em inflorescências do tipo espiga, sustentadas por uma haste floral. O fruto é muito pequeno, do tipo cápsula deiscente, com uma média de trinta sementes.

Composição Química:
Ácido ascórbico, ácidos carboxílicos fenólicos, ácido cítrico, ácido clorogênico, ácido silícico, ácido ursólico, apigenina, arabinogalactano, asperulosídeo, aucubina, catalpol, cumarina, esculotina, escutelareína, glucomanano, histamina, indicaina, luteolina, mucilagens, pectina, plantagonina, resina, rhamnogalacturonano, saponinas e taninos.

Partes Usadas:
Folhas e Sementes.

Propriedades Medicinais:
Adstringente, Antidiarréica, Antiinflamatória, Antimicrobiana, Antiulcerogênica, Diurética, Emoliente, Expectorante, Hemostática, Laxativa leve e Vulnerária.

Usos
    culinária: folhas usadas como as de couve-manteiga, na forma de bolinhos, refogados e ensopados; acompanha carnes, arroz e feijão, omeletes, pastéis, rocambole salgado e empanados.

    beleza: impurezas na pele, cravos e pequenas espinhas, irritações nos olhos, inflamação das mucosas da boca, aftas e gengivas fracas e irritação na pele pós-sol.

    saúde: afecções das vias respiratórias como boca e garganta, infecções, gota, excesso de ácido úrico no sangue e úlcera gástrica.

Contra-Indicações:
Pessoas com constipação e fezes muito ressecadas e durante a gestação.

Efeitos Colaterais:
Arritmia e parada cardíaca, reações alérgicas e irritações.

Cultivo e Conservação

   clima: temperado.

   exposição solar: Plena.

   propagação: sementes.

   espaçamento: 60 x 30 centímetros.

   tipo de Solo: qualquer tipo, com pH 5,0-8,0.

   adubação e correção: esterco de animal curtido, húmus ou matéria orgânica, incorporados a 30 centímetros de profundidade.

   necessidade de água:
Moderada.

Colheita

   Folhas: 3 meses depois do plantio, no inverno.

Secagem

   Folhas: na sombra, em local bem ventilado, ou em secador, com temperatura máxima de 40°C.

Acondicionamento

   Folhas: em sacos de papel ou de plástico transparente.

1