Ir para a página inicial

esperante em português

O que é Esperanto?

Por que estudar o esperanto?

Onde aprender?

Curso básico

Esperanto: vozes e imagens

Filie-se

Contato

O que é Esperanto?

    O esperanto é uma língua planejada cujo lançamento oficial se deu no ano de 1887 pelo médico e lingüista polonês Dr. Lázaro Luis Zamenhof. Seu principal objetivo, já concretizado em vasta escala atualmente, é o de servir como segunda língua para todos os cidadãos do mundo, bem como para suas respectivas nações, sempre visando o alargamento da real igualdade de condições no âmbito da comunicação internacional; único fator realmente capaz de gerar o respeito mútuo entre os povos - o que é condição primordial para o alcance da verdadeira fraternidade humana.

    Seu vocabulário é formado por radicais internacionais comuns à maioria das culturas (70% latinas e 30% anglosaxônicas). A maioria das pessoas já conhece antecipadamente cerca de 75% do vocabulário. Por exemplo: kulturo, internacia, hotelo, mano, orelo, telefono, elefanto, granda. Os radicais combinam-se engenhosamente utilizando um sistema de sufixos e prefixos que permite formar milhares de palavras. A gramática consta de 16 regras fundamentais, sem exceções. Cada letra possui um único som e cada som é representado por uma única letra; isto é, a escrita, pois, é eminentemente fonética. O acento tônico recai sempre na penúltima silaba. A simplicidade e genialidade da língua internacional é de tal ordem, que nela, por exemplo, não há quaisquer verbos irregulares e nem mesmo variações de desinência de acordo com o pronome - como acontece em quase todas as línguas nacionais. Por exemplo: para todos os verbos, sem exceção, o Presente é sempre indicado por AS. “Mi parolas, Ni parolas, Ili parolas”. Sendo que a terminação verbal nunca se altera, independentemente de qual seja o pronome que se utiliza do verbo. Assim, a tradução literal das frases acima ficariam da seguinte forma em português: Eu falA, Nós falA, Eles falA. A mesma regra é fixa tanto para o Passado - IS, para o Futuro - OS, como para o modo Condicional - US.

Quantas pessoas falam esperanto no mundo?

   Porque diferentemente dos idiomas nacionais, os usuários do esperanto não têm uma base física definida, podem ser encontrados em todos os quadrantes do globo. Dessa forma, pela sua abrangência e dispersão, torna-se muito difícil saber quantas pessoas exatamente falam o Esperanto no mundo. No entanto, podemos ter uma boa idéia se imaginarmos que ele é falado em todos os países; que existem centenas de jornais e periódicos editados todos originalmente nessa língua; que diariamente várias rádios do planeta transmitem suas programações totalmente em esperanto; sem contar os milhares de livros editados em esperanto (tanto traduzidos como originais) – livros, como, por exemplo, A Bíblia, O Alcorão, Os Luzíadas; e autores os mais renomados, como: Garcia Lorca; Jorge Amado; Luis de Camões; Ziraldo; José Saramago; F. Nietzsche, entre muitos outros.
   A Livraria da Liga Brasileira de Esperanto dispõe de milhares de títulos. Confira! (www.esperanto.org.br/butiko).

Quais as principais vantagens do Esperanto?

  • Por não pertencer a nenhum país em específico, o Esperanto não confere a um povo privilégios em detrimento dos outros – De acordo com o princípio fundamental da Igualdade.
  • Porque efetivamente pode ser aprendido em muito menos tempo que qualquer outro idioma, graças à simplicidade de sua pronúncia, à concisão de sua gramática, ao vocabulário internacional e ao sistema de prefixos e sufixos, além de sua qualidade e realidade em termos de custo/benefício – De acordo com o fator Sustentabilidade Econômica.
  • Pela sua vasta literatura, formada não só de obras traduzidas, mas também daquelas escritas originalmente em Esperanto – Em conformidade ao princípio da Aplicabilidade.
  • Porque verdadeiramente facilita o intercâmbio cultural e intelectual entre os povos do mundo – Segundo o princípio da Unidade na Diversidade.
De: PEA

Para saber mais baixe esse arquivo
em PDF ou em DOC:

(Clique na imagem)

 



Junulara Esperantista Goiasa Organizo (JEGO) - 2006
1
1