<BGSOUND SRC="http://br.geocities.com/euosou_euosou/je_voudrais_voir_la_mer.mid" LOOP=INFINITE>
Hermes José Novakoski
Biografia

Hermes José Novakoski, filho de André Novakoski e Maria Novakoski. Nasci aos 20 de fevereiro de 1981, na cidade de Áurea, Estado do RS, Brasil.
Sou licenciado em Filosofia pela PUCRS.
Sou de descendência Polonesa e moro atualmente
em Porto Alegre RS.
Sempre gostei muito de escrever. Escrevo atualmente reflexões, poemas, mensagens. Gosto de escrever textos breves.
Trabalho com crianças, adolescentes e jovens num Abrigo em POA.
Acredito em Deus acima de tudo. Amo e respeito a família. Acredito em valores humanos que possam nos transformar cada vez mais como pessoas. Pretendo continuar estudando. Acredito que nosso país vai mudar pela educação, pois ela sustenta um povo, uma nação.

****************
Que haja Paz

Que haja Paz nas famílias
Que haja Paz na sociedade
Que haja Paz nos corações
Nos campos e nas cidades

Que vivamos como irmãos
Seja lá aonde for
Paz e Fraternidade
são frutos do Amor

Que possamos ser amigos
E viver como irmãos
Num abraço e num sorriso
Haja sempre comunhão

Que a vida seja bela
E sejamos companheiros
Paz, vida e igualdade
Nas famílias do mundo inteiro

Que os corações sejam marcados
Pela partilha e doação
E vivamos na cordialidade
Tendo o vizinho como irmão

Num abraço sempre aberto
Na acolhida e na doação
Haja vida e alegria
Na partilha do pão

Seja negro, branco, índio
Mulato, cafuzo ou sem cor
Nada disso possa impedir
Nossa luta pelo amor

Que haja paz nas relações
Entre governos e nações
E façamos desta terra
Um banquete em celebração

A oferta seja a mesma
A unidade e a comunhão
Que vença toda discórdia
E quebre as prisões


No rosto do idoso
Do jovem e da criança
Da mulher e do deficiente
Haja sempre um sorriso de vida e esperança

A alegria seja a semente
A ser espalhada por todos
E colheremos seus frutos
Para semear de novo

O ódio esquecido
A guerra acabada
O medo vencido
Todas as mãos dadas

Que haja paz
Seja onde for
Que suas sementes
Frutifiquem com fervor

Somos da paz
Temos a paz
Vivemos em Paz
Queremos a Paz.

Porto Alegre, julho de 2005


****************

SER SANTO

Quis entender qual o segredo
Para me santificar
A melhor de todas as formas, isso me disseram
É o bem, sempre praticar

Perguntei da humanidade
Mandaram olhar para mim
Se eu não me entender
A humanidade me será estranha também

Passam fome aos milhões
Eles também são nossos irmãos
Mas se eu não partilhar
A ganância vai me acabar

O santo é simples, é humilde
Abraça, consola, ama, ajuda
Quem vive a doação
Enriquece o coração

Buscar primeiro à Deus
O resto será acrescido
Conforme nossa fé
E o que nos for merecido.

Hermes José Novakoski


****************

Mais poemas do autor neste site clique aqui

Site onde participo - Recanto das Letras

@Respeite os direitos autorais@

****************

Página Inicial            Sala de Poetas
1