Contra o "AeMão" tendencioso em FM

Mário Kértesz construiu seu patrimônio pessoal roubando dinheiro público e deixando grandes obras pela metade

A democracia corre risco em Salvador. Se o pessoal acha que o ex-senador que se julga "dono da Bahia", ao decair diante da opinião pública nacional, fez a Bahia voltar aos bons ventos da democracia, o pior pode estar por vir. Um ex-prefeito da capital baiana, que nunca fez nada para nosso povo enquanto comandou a ilustre cidade abençoada pelo Senhor do Bonfim, mas que contribuiu para a falência de um grande jornal, transformando-o num engodo policialesco, agora veste o disfarce de "radiojornalista" e "comunicador" para voltar ao poder, de uma forma ou de outra.

Mais grave ainda é que este ex-prefeito, que já protagonizou um sério escândalo político-administrativo, cuja corrupção faz os casos de Jáder Barbalho, Collor / PC Farias e Jorge Murad / Lunus parecerem fichinha, agora é endeusado pela mesma mídia que o derrubou mais de dez anos atrás. Se antes podia-se criticá-lo, agora só se pode falar bem do ex-prefeito e de sua rádio FM que brinca de ser "rádio AM" ofendendo a Amplitude Modulada que, na capital baiana, tem dificuldades de arranjar anunciantes e ter audiência estável.

Chega a ser humilhante vermos que a grande imprensa está consentindo passivamente a ascensão de Mário Kértesz, violando sua função social. A mesma mídia que reivindica o fim da impunidade para o caso Tim Lopes é a mesma que apóia abertamente a impunidade de Kértesz que, sem qualquer dom natural, se faz de jornalista e radialista para explorar a boa-fé de nosso povo, enquanto colunistas de jornal ficam fazendo o jogo do ex-prefeito fazendo propaganda de cada programa, isso quando não elogiam a inteligência de Kértesz, que de fato tem esperteza suficiente para colocar qualquer pessoa ingênua sob seu domínio.

Antes que a democracia e a cidadania baianas se transformem num brinquedo de livre usufruto do ex-prefeito, criamos este polêmico site que não fará qualquer calúnia, nem qualquer ofensa agressiva, mas, isso sim, fazer críticas que, ainda que duras, possam mostrar a verdade dos fatos. Afinal, são informações que os radiojornais do ex-prefeito não mostram. Por razões óbvias.

 


ENTENDA A CORRUPÇÃO DE MÁRIO KÉRTESZ NA PREFEITURA DE SALVADOR


Trevas sem Memória

Pirataria com Crachá - Metrópole FM tem espectros em outras frequências do dial FM

Jornalista comprova corrupção de Mário Kértesz

Metrópole FM nunca foi líder de audiência

A demagogia de Mário Kértesz

Jornal cultural se deixa seduzir por Mário Kértesz.

Imprensa em silêncio: ninguém contesta fenômeno Kértesz

O Titanic eletrônico da Metrópole FM

Saiba por que terminou o "Jogo Aberto" de Kértesz na TV

Eleições 2002: Desempenho de Ariane Carla contesta "sucesso" da Metrópole FM

Jornal afirma: apoio de Mário Kértesz a Lula foi uma farsa

Mário Kértesz deu seu óbvio repúdio ao diploma jornalístico 

Metrópole FM é obrigada a assumir o popularesco 

Futebol e rádio FM: essa mistura só dá em "jabá" 

O tendenciosismo da Metrópole FM

Mário Kértesz nega, mas cobiça o poder de alguma forma

Impunidade sugere ao Neudo Campos: crie uma FM

Vida boa: Mário Kértesz volta para a TV Bandeirantes

Mário Kértesz: marketing e cafajestismo

Mário Kértesz não sabe o que é ser cronista

Mário Kértesz e Marcos Medrado mandam no rádio de Salvador

 

E-mail: falaciametropolefm@yahoo.com.br

 

Counter

1