USINA TERMELÉTRICA DE PIRATININGA
Questões Operacionais e Ambientais


Através de dados colhidos em visita feita à Usina Termelétrica de Piratininga no dia 15 de outubro de 1999, foi possível recolher dados para apresentação de um trabalho que pretende abordar não só as questões funcionais da Usina, como características de seu funcionamento, consumo de combustível e energia gerada, assim como questões ambientais, como por exemplo: Existe real necessidade da implantação desta usina em relação aos problemas que ela apresenta?

Através da visualização destas páginas esperamos que o internauta esteja apto a discutir sobre a implantação de novas usinas termelétricas, principalmente porque está muito em pauta hoje em dia o gaseoduto Brasil-Bolívia, que permitirá a alimentação de várias usinas que já estão na fase de aprovação e poderão situar regiões onde esse tipo de progresso pode trazer mais poluição e desmatamentos para nosso país.

Este trabalho, apesar de não abordar fontes alternativas de geração de energia, espera que o internauta perceba que as usinas termelétricas movidas a gás natural são mais baratas que a exploração de fontes alternativas, mas não possuem tanta longevidade quanto estas fontes alternativas.

Por fim, também gostaríamos muito de contar com a opinião do internauta a fim de produzir um site mais informativo e construtivamente crítico.

Boa Viagem!!!

O Grupo

1