Igreja Mundial do Grande Abacaxi Carismático
Em 1956, na cidade de Berimbau do Oeste, sul do Rio Grande do Norte, um grupo de pequenos agricultores castigados pela seca fizeram uma série de novenas a Padre Cícero implorando para que chovesse na região. Como o Padim parecia não atender aos apelos do humilde povo berimbaurense, muitos desisitiram, menos um casal de lavradores. Robespierre Arruda da Conceição e Virgulina Capitolina Arruda da Conceição. Donos de uma fé inabalável, este casal rogou aos céus que mandassem um sinal divino. Dois dias depois, quando iam ao açude buscar  um pouco de água para aplacar a sede que os consumia, os dois encontraram o Grande Abacaxi que brotara na curva da estrada. Maravilhados com a descoberta, viram na incomensurável fruta a mão de Deus.

Levado para a igreja da cidade, logo o Grande Abacaxi começou a realizar milagres. Choveu durante 3 meses na região, alagando ruas, transformando Berimbau do Oeste na "Veneza da Caatinga". Mulheres solteiras, que nunca haviam estado com homens, começaram a engravidar e o fenômeno foi atribuído aos poderes do Grande Abacaxi. Seu suco, abundante realizou curas espantosas, sobretudo no campo da virilidade masculina.

Com o passar dos anos, a adoração ao Grande Abacaxi cresceu espantosamente, chegando aos cinco continentes. Milhões de adeptos em todo o mundo celebram cultos em templos erguidos em sua honra. Atualmente o Abacaxismo Carismático é a religião que mais cresce no planeta. Teólogos acreditam que até o ano de 2050 a Revelação Hortifrutigranjeira atingirá o coração de todos os infiéis.
Flagrante Histórico: O Grande Abacaxi sendo levado para a Igreja de Berimbau do Oeste
Saiba mais sobre a doutrina do Abacaxismo Carismático
Manuscritos de Alexandria
Postulados do Abacaxismo Carismático
Patriarca Robespierre da Conceição
Templo Mundial do Grande Abacaxi Carismático
grandeabacaxi@globo.com
E-mail:
1