Bras�lia-DF,  
Conteúdo
  .: O que é Espiritismo
  .: Doutrina Espírita
  .: Sócrates e Platão
  .: Obras Básicas
  .: Biografias
  .: Mensagens
  .: Publicações
  .: Evangelho no Lar
  .: Sites Espíritas
  .: Álbum de Fotos
Interação
  .: Entre em Contato
  .: Conheça a FALE
  .: Quem Somos
  .: Exibir Livro de Visitas
  .: Assine o Livro
 

Reuniões às segundas-feiras das 12:10h às 13:20h, na Esplanada dos Ministérios, Comando da Aeronáutica - Bloco "M" - Anexo/Subsolo - Auditório do GAP-BR.

 

Página Inicial | Quem Somos

Quem Somos

O Grupo Espírita Peixotinho (GEP) começou por iniciativa de cinco colegas de trabalho, todos militares da Força Aérea Brasileira, lotados em Organizações Militares da Aeronáutica sediadas em Brasília-DF.

Tudo começou em meados de 2004, quando um deles, o Sargento Honório, recém-transferido de Recife-PE para Brasília-DF, tomou conhecimento de que no auditório do Grupamento de Apoio de Brasília (GAPBR), órgão do Comando da Aeronáutica, eram realizados cultos religiosos semanais promovidos por irmãos católicos e evangélicos, em dias específicos da semana. Pensou: se há a missa católica e o culto evangélico, por que não um grupo de estudos espíritas?

O que fazer? Recém-chegado à cidade, não tinha conhecimento com ninguém que pudesse secundá-lo nessa empreitada. O tempo passou e o Sargento Honório, que havia sido aceito como trabalhador no Grêmio Espírita Atualpa Barbosa Lima (GEABL), tomou conhecimento de que o Divaldo Pereira Franco faria palestra no auditório do Comando do Exército, à qual compareceu.

Terminada a palestra, ao sair do auditório, Honório avistou, para a sua alegria, um rosto conhecido: era o Coronel Russo, Vice-Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (CMTAER), com quem trabalhava, indiretamente.

No dia seguinte, não perdeu tempo e solicitou uma audiência com aquela autoridade para lhe falar da idéia de criar um grupo de estudo da Doutrina Espírita, no GAPBR. Prontamente, o Coronel Russo aprovou a iniciativa, dizendo-lhe: “Interessante idéia. Monte o grupo e eu os apoiarei”.

Isso ocorrera por volta do mês de outubro de 2004. Naquela época, Honório já havia feito algumas amizades, dentre elas, o então Sargento Mariz e o Sargento Daltro, por intermédio de um amigo comum, o Sargento Roberto, todos Espíritas.

Certo dia, ao saírem do refeitório, após o almoço, Honório revelou aos amigos espíritas aquela idéia que tanto o fustigava, e para qual já tinha recebido o aval do Vice-Chefe do Gabinete do CMTAER. Independente desse detalhe, Mariz e Roberto, trabalhadores da Comunhão Espírita de Brasília e Daltro, freqüentador do CIREFE, entusiasmaram-se com a proposta, assumindo todos o compromisso daquele novo desafio.

Marcou-se, então, uma reunião na residência do Daltro, onde todos compareceram para dar início ao formato ao futuro GEP.

Na reunião, foram levantadas algumas questões que ficaram sem resposta:

a) A idéia era viável.? Teríamos condições de fundar um Grupo Espírita?

b) Em que dia da semana seria a reunião? Qual o melhor dia? Em que horário?

c) Que nome daríamos ao Grupo? Quem deveríamos homenagear com essa deferência?

Por sugestão do Daltro, Honório ligou para o Paulo Machado, Presidente do Cenáculo Espírita Casa de Maria (CECAM), em Recife, onde trabalhara por vários anos, e solicitou uma consulta à Espiritualidade, para que fossem sanadas aquelas dúvidas. A resposta veio em quatro páginas, pela psicografia de Suely Calazans (clique aqui para ver). Inicialmente, esclarecia que “A maior caridade que se faz à Doutrina Espírita é a sua divulgação”, e em seguida acrescentou:

a) Em primeiro lugar, a idéia não é do Honório. Ela já existe na Espiritualidade há muito tempo, esperando apenas que as “peças” se reunissem e que as condições fossem favoráveis à consecução do empreendimento;

b) Em segundo lugar, para quem quer estudar e aprender a Doutrina Espírita, qualquer dia é dia. Reunam-se em qualquer dia, que os interessados comparecerão; e

c) Por fim, informa que o irmão Francisco Peixoto Lins (Peixotinho), era já o mentor do Grupo na Espiritualidade e que por ele trabalhava há algum tempo. E essa era a sugestão para o nome do Grupo.

De posse dessas informações, os quatro amigos voltaram a se encontrar na residência do Daltro, agora com a participação, também, do Sargento Raul, recém chegado da Cidade do Recife, definindo que o grupo se reuniria às segundas-feiras, no horário das 12:30 às 13:20 horas, com a seguinte programação: as três primeiras segundas-feiras do mês seriam dedicadas ao estudo do Livro dos Espíritos e na última haveria uma palestra pública com temas extraídos do Evangelho Segundo o Espiritismo.

Adotadas as providências burocráticas e por intermédio do oportuno auxílio do Tenente-Coronel Martins, Secretário do Comandante da Aeronáutica, o Auditório do GAPBR foi cedido para a realização dos estudos, e em 21 de fevereiro de 2005, o Grupo Espírita Peixotinho iniciava suas atividades, recebendo como primeiro convidado o irmão Erdner Costa Júnior, trabalhador do Grupo Espírita Fraternidade, que palestrou sobre o tema: O que é o Espiritismo?

Depois de iniciadas as atividades, outros irmãos se aproximaram dos trabalhos e também passaram a se dedicar ao grupo, tais como: o Brigadeiro Carlos Santos, o Coronel Rivera, a Sargento Denise Escovino, entre outros.

Como nada acontece por acaso e, ao que parece, o nosso Mentor sabe muito bem aonde quer chegar, vieram outras idéias para melhor divulgar os Trabalhos do Grupo. Assim, o Raul tomou a iniciativa de construir uma Página na Internet e por sugestão do Grupo, a Denise Escovino se prontificou a elaborar o layout de um Informativo escrito.

Atualmente, o Grupo Espírita Peixotinho desenvolve, além da programação inicialmente proposta, temas diversos por intermédio de filmes educativos, estudo sobre fluidoterapia (passes) e faz sua divulgação por meio de cartazes em vários pontos de circulação das Organizações Militares da Aeronáutica, na Esplanada dos Ministérios; pelo Informativo Espírita, que começou a circular em agosto/05 e pela Internet, no site http://grupopeixotinho.no-ip.org.

Por tudo, agradecemos ao Bom Deus, ao Mestre e Amigo Jesus, ao nosso Mentor Peixotinho e a todos aqueles que, de certa forma, ajudam-nos a manter essa chama acesa. Que possamos sempre contar com a amparo imprescindível da Espiritualidade Maior e que Deus nos abençoe sempre.


Grupo Espírita Peixotinho

Coordenação

COORDENAÇÃO DO GEP

Coordenação Geral - Ricardo Honório

Coordenação Doutrinária - Adilson Mariz

Coordenação de Eventos - Newton Daltro e Roberto Melo

Coordenação de Divulgação - Raul Santos e Denise Escovino

TOPO

Página Inicial | Quem Somos

 

 
Reformador - A mais antiga revista espírita do Brasil
A revista Reformador, de março de 2006, lembra em seu Editorial que foi em 31 de março de 1869 que Allan Kardec retornou ao Plano Espiritual, encerrando seu ciclo de trabalho na Terra. Um ano depois, com o translado do seu corpo do Cemitério de Montmartre para o Père- Lachaise, em Paris, foi inaugurado o dólmen que lhe serve de túmulo. Na ocasião, o Sr. A. Desliens, que fora seu secretário particular, pronunciou importante discurso em sua homenagem. (Clique Aqui para Ler)
 

 

Buscar na Web por:
Powered by Google
Conheça
Grupo Espírita Peixotinho - grupopeixotinho@gmail.com - http://grupopeixotinho.no-ip.org - Desenvolvido e mantido por Raul Santos
1