Queridos amigos,
Aqui estou eu no topo desta página,
em São Lourenço, Minas Gerais (junho
de 2002). Esta é minha cidade do
coração, onde passei a maior parte de
minha infância e para onde pretendo
voltar mais adiante. É o lugar onde
me sinto bem e muito feliz. É o lugar
dos meus mais queridos amigos também.
Essa foto foi tirada por minha filha
mais nova embaixo da 'minha árvore'.
Sob essa árvore, brinquei muito quando
era pequeninha. Ela é um 'Bouganville',
mas aqui é conhecida como 'Primavera' e
essa é a maneira generosa como ela
sempre me recebe... flores, flores,
flores, flores, flores, flores...


*São Lourenço - Minas Gerais - Brasil*


*Lição de Vida*

Levantei lepidamente da cama
me preparando para mais um dia
de trabalho; passei à cozinha
para saborear o café lendo as
páginas do jornal do dia. No virar
das últimas folhas, lembrei que
tinha que varrer a varanda, recolher
as folhas e sementes que a imensa
Ficus Benjamin espalha sempre pelo
terraço entupindo o ralo e provocando
um alagamento, como uma piscina.

Largo o matutino e o café pela
metade, com a vassoura na mão,
abro a porta da varanda mas, a
visão de fora deixa-me pasma:
um homem moreno com uma motoserra
na mão , já partiu quase todos
os galhos da imensa árvore. Minha
árvore amiga chora e eu, encolhida
no canto do quarto, choro com ela.

Os sabiás e bem-te-vis voavam
tontamente , procurando no vácuo
os ninhos perdidos e o abrigo;
não entendiam o porquê da grande
árvore não estar mais lá. Olho
novamente e vejo apenas dois galhos
nus como dois braços estendidos
para o alto, implorando ao céu
pela vida. Sabia que um dia ela
ia ser arrancada, estava crescendo
demais e suas raízes estragavam a
calçada e ia solo abaixo até a
garagem do prédio prejudicando
as fiações. Lembrava dos dias que
ela vedava minha intimidade dos
olhos curiosos da rua, suas ramagens
tocavam o meu pequeno jardim e eu
estendia os braços doando,
carinhosamente, todo meu afeto por ela.

Ah! coisa curiosa! meu quarto
ficou agora tão claro que me ofuscou!
Percebi que havia muito tempo o
sol não mais entrava e que, agora,
sem cerimonia, invadia-o sorridente;
e meu pequeno jardim mostrava todo o
seu dote aos transeuntes que, antes,
não o podiam ver. As caliandras
vermelhas sorriam faceiras para os
raios solares, junto aos gerânios
e azaléias de inverno. Não estou
aqui a divagar sobre árvores e
caliandras, menos sobre sabiás e
bem-te-vis; estou reportando à
belíssima lição que um Anjo Azul,
debruçado amigavelmente sobre meu
ombro, sussurrou:

"Esta árvore que amavas era para
ti uma fonte de energia e proteção,
a cada toque em suas folhas lustrosas,
recebias corrente equilibrante que
a Natureza doa, incansavelmente, aos
homens; mas, ao mesmo tempo que te
protegia ela impedia que os raios
solares, altamente salutares,
penetrassem seu quarto. É o símbolo
da criatura que ama demasiado uma outra,
bloqueando a esta, a absorção das
energias necessárias ao seu crescimento
espiritual. Muitas vezes o afastamento
é necessário para haver o desenvolvimento."

Depois vi na calçada, os vizinhos
recolhendo pedaços de tronco com
pequenas pontas de raízes; disseram
que serviam para fazer mudas e que
iam plantar nos sítios que possuíam;
e novamente o Anjo pousou suas palavras
de amor nos meus pensamentos:
"Assim como uma árvore destruída,
repartida, pode renascer em várias
porções de si mesma, a criatura é
afastada do seu grande afeto para
aprender a repatir este amor aos
carentes dele."

Esse Anjo de azulíneo manto,
explicou poeticamente o porquê
de vermos tantos casos , hoje,
de criaturas que se sentem separadas
de seus mais profundos amores.
Quantos procuram a alma de sua alma?
Quantos se sentem sozinhos, mesmo
acompanhados?
Muitos dos que encontram o seu
verdadeiro par não passam a viver
num universo em que só eles habitam?
Como o Amor Universal pode crescer
dentro deste universo a dois?

A grande lição do Anjo Azul foi
mostrar que estamos afastados da
nossa alma gêmea para aprender a
amar a Humanidade. Depois...
Com o coração ampliado ao mundo....
voltaremos para ela.

~Autor Desconhecido~

São Lourenço é uma pequena cidade
na Serra da Mantiqueira no estado
de Minas Gerais, a 295 km (4/5 horas
de carro) do Rio de Janeiro. É famosa
por suas fontes de Águas Minerais
Medicinais. A fonte abaixo é a 'Fonte
Oriente' que foi a primeira a ser
descoberta no século XIX por fazendeiros
da região. Desde então, turistas de todo
Brasil (principalmente os cariocas) e
também do exterior, chegam aqui para
conhecer a cidade e beber as águas que
têm comprovadamente efeitos medicinais.
Elas são comercializadas como São
Lourenço/Nestlé/Perrier e pertencem ao
grupo 'Empresa de Águas São Lourenço Ltda.'
Elas são exportadas com o nome NESTLÉ/
PERRIER no rótulo. Mas pode-se ler em
letras negras e pequenas:

*São Lourenço - MG - Brazil*

Amo esta fonte onde guardo doces
lembranças e cuja água é rica em
fluor e também muito gostosa; crianças,
geralmente, gostam de beber essa água
e podem beber à vontade.
Estou acostumada a beber litros desde
que eu era bem pequena e gostava de
brincar por perto onde há muitas flores
principalmente hortências, lindos
pássaros e paz por todo lado.


*São Lourenço - Minas Gerais - Brasil*



*Tenho 3 anos e estou brincando com as
hortências*
*Tenho 6 anos com tia Noemia e prima Ana
visitando de Portugal. Da esquerda para
direita: tia, prima, eu, pai e mãe (sua
última foto)*
*Tenho 10 anos no mesmo lugar (eu era(?) uma
menina bem levada)*
*Minha filha tirou essa foto em junho 2002
(olhem a minha caneca, humn!??)*
*A Fonte Oriente sempre a mesma (a bolsa
onde carrego a minha câmera está no chão)*

*Fonte Oriente - São Lourenço - Minas Gerais - Brasil*



*As propriedades medicinais de cada fonte,
assim como análises químicas são colocadas
à disposição para conhecimento de todos
os visitantes.*
*A Cabeça de Leão encontrada na Fonte Oriente
tornou-se o símbolo da 'Empresa de Águas São
Lourenço Ltda.*

*Procurando por Isolina no bosque*
(A GRANDE AVENTURA para mim)

*Procurando por Isolina*



*Isolina e o Bosque*


*A macaca Isolina era adorada pelas
crianças. Ela era muito dócil e gostava de
brincar com crianças também. Era uma grande
aventura brincar com Isolina e foi com ela
que aprendi a amar e respeitar TODOS os
animais. Devo isso a Isolina.*
*Dois macacos no bosque*
*Uma trilha no bosque (nós gostávamos
de brincar de Tarzan)*
*Uma linda borboleta no bosque*


*Boas Vindas!!!*


*ÔÔÔba! Aí vem Helena com nosso milho!!!*
*Adoro esses comilões!!!*
*Erika, minha filha mais nova que tirou
algumas das lindas fotos nesta página*

*Clique no camafeu para visitar meu pai*

*Eu e meu paizinho*

*Quando eu estava muito triste no
último 'Dia dos Pais', um Anjo Azul
sussurrou:

"E quanto ao pai querido...
Fica triste não....
Ele está aí....
nunca partiu de verdade e nunca irá...
Olhe no espelho e vê se eu
não tenho razão....;) Katia"


Clique na cabeça do leão
e envie seu email.


| PÁGINA INICIAL | INDEX |



Esta página é dedicada à minha
cidade do coração (São Lourenço)
e a meu querido paizinho (Celio)
que compartilhou comigo essas
doces lembranças e cujo amor eu
sinto em cada pedra no caminho,
cada folha de árvore, cada flor,
cada canto de passarinho...



Midi 'Noturno #1'
~Chopin~
*Join The Ride*

*Muito Obrigada!!*



Agradeço minhas queridas amigas
Lu e Thereza
pelo carinho e linda mensagem.



Plano de Fundo e Gráficos
Para USO EXCLUSIVO de 'My Roses
Copyright ©Helena Bucasio 2001, 2002
Todos os Direitos Reservados

1