História

            A idéia de ter uma banda começou em 1999, quando Eu, Pedrinho e Karina, não tocávamos nenhum instrumento, mas todos tinha uma idéia em comum um dia forma uma banda de rock nacional com influências de RPM, Legião Urbana, Titãs entre outras. Depois de 4 anos Eu e Pedro decidimos tomar partida da antiga idéia, daí surgiu a Interventores da Plebe.

(Ditado por Antônio)

Hoje é 17 de dezembro de 2003, foi o ultimo dia de vestibular, e também o primeiro ensaio da minha banda que ainda não tem nome definido, mas pensamos em AI-5.

A formação inicial é a seguinte: Eduardo na bateria, Fábio nos teclados,Phelipe fazendo baixo no violão, Pedrinho na guitarra solo e back vocals e eu Antônio Júnior na guitarra e vocais.

Eu e Phelipe nesse ensaiou podemos dizer que fomos uma espécie de quebra galho, por que Phelipe estava substituindo Cássio que era pra ser o baixista, mas teve que viajar e saiu definitivamente da banda um dia antes do ensaio, eu de inicio ia ficar só na guitarra e back vocals , mas tive que substituir Thiago que era o vocalista que faltou o ensaio por motivos pessoais, aí tive  enrolar nos vocais por causa disso tive dificuldades de tocar e cantar ao mesmo tempo, nos ensaiamos no Stúdio Alternativa das 17:30 ás 19:30.

Nesse ensaio tocamos as seguintes músicas: Carta aos missionários, Música urbana,Rádio Pirata, Daniel na Cova dos Leões, Óculos, Será, Que país é este, A sua maneira,hey joe entre outras.

(Ditado por Antônio)

            Dia 23 de dezembro de 2003, Sem nada de produtivo pra fazer, fiquei pensando em nomes pra banda, já tínhamos a idéia de AI-5 por causa da ditadura militar do golpe de 1964, mas esse nome era algo muito direto, pra não fugir do tema em Plebe por que sempre é o povão que paga o pato de todas as desigualdades existentes, e depois em Santa Inquisição que na verdade foi uma ditadura da igreja católica, com a junção das duas palavras ficou INQUISITORES DA PLEBE, ou se não INTERVENTORES DA PLEBE.

(Ditado por Antônio)

            Dia 07 de fevereiro de 2004, a banda já tem nome é INQUISITORES DA PLEBE. Nesse dia Fábio anuncia sua saída da banda por motivos pessoais que o impossibilitava de ficar tocando com o conjunto, nesse mesmo dia pensamos em acabar com a banda antes do segundo ensaio, mas por forças maiores eu e Pedro decidimos não acabar, sendo que sem base de quando iríamos novamente ensaiar, pois precisávamos arranjar agora outro tecladista.

(Ditado por Antônio)

            Dia 21 de fevereiro de 2004, Durante uma viajem para Pau dos ferros eu e Pedrinho filosofando no Ônibus decidimos mudar o nome da banda de INQUISITORES DA PLEBE para INTERVENTORES DA PLEBE, por que INTERVENTOR é o que luta pela PLEBE ao contrario de INQUISITOR que só denuncia.

(Ditado por Antônio)

            Dia 03 de Abril, Finalmente tivemos o segundo ensaio depois de 3 meses sem ensaiar. O baixista Phelipe não pode ensaiar por causa de outro compromisso de ordem de maior importância para o mesmo, para substitui – lo nesse ensaio chamamos Karina que é guitarrista da banda Aghata, e com a gente quebrou baita galho no baixo, esse ensaio foi filmado por Mikarla a namorada de Eduardo. Nesse ensaio contamos com a presença de Mikarla, e no finalzinho com Fabio e as meninas da Aghata. Tocamos as seguintes músicas: Carta aos Missionários, Ciúme, Que País é Este, Rádio Pirata, Revoluções Por Minuto, Veraneio Vascaína, Camila Camila, Daniel na Cova dos Leões, Música Urbana, Óculos entre outras. Agora pensamos em ensaiar duas vezes por mês.

(Ditado por Antônio)

            Dia 06 de junho, Ocorreu o nosso terceiro ensaio depois de 2 meses sem ensaiar. Neste ensaio tivemos novamente a presença de Karina no baixo, sendo que desta vez tocando como a mais nova integrante da Interventores, Phelipe saiu da banda por problemas pessoais que impossibilitaram de continuar conosco, esperamos que esse quarteto seja duradouro, e pra fechar essa formação precisamos achar urgentemente um tecladista (sendo assim vira um quinteto).

Nesse ensaio contamos com a presença dos integrantes da banda Santa Claus, que ensaiariam depois da gente. De anos 80 tocamos as seguintes músicas: Música Urbana, Ciúme, Serão Extra, Carta aos Missionários, Daniel na Cova dos Leões, Veraneio Vascaína, Rádio Pirata, e também tocamos algumas músicas de punks das seguintes bandas Gritando Hc, Ramones, Dead Fish, Carbona, Green Day, Off Spring cantamos essas músicas com os irmãos da Santa Claus.  

(Ditado por Antônio)

História Integrantes Curiosidades Fotos Letras Repertório Agenda Livro da Visitas Contato Página Principal

1