O Medo   e  a Ternura
Poesias:
Tânia Martins - Academia Caetiteense de Letras - Caetité - Bahia - 2006 - Todos os direitos pertencem à Autora
Voltar
Meu raio de sol
Eu te amo
entra...
Sexto livro de Tânia Martins, desta feita em parceria com seu irmão, Wbirajara Martins, surge numa edição de bolso, brindando os leitores com a veia da Poesia que pulsa no sangue de ambos...
Eu te amo
Vai, garoto,
viver de brincar.
Entorta a ponta
do arco-íris;
Abraça nuvens de algodão,
beija flores no campo,
faz sorrir meu coração.
Vai, garoto.
Põe estrelas no meu céu;
acalma as ondas do meu mar;
solta os pássaros presos;
põe música no ar.
Vai, garoto,
colhe estrelas, sóis, luas;
faz da noite escura
amena madrugada;
faz da ilusão
uma linda aventura
e da realidade
manhã ensolarada.
Eu te amo
Vai, garoto,
viver de brincar.
Entorta a ponta
do arco-íris;
Abraça nuvens de algodão,
beija flores no campo,
faz sorrir meu coração.
Vai, garoto.
Põe estrelas no meu céu;
acalma as ondas do meu mar;
solta os pássaros presos;
põe música no ar.
Vai, garoto,
colhe estrelas, sóis, luas;
faz da noite escura
amena madrugada;
faz da ilusão
uma linda aventura
e da realidade
manhã ensolarada.
Uma oração
O MEDO E A TERNURA
1