Gônadas

GÔNADAS

As gônadas são as glândulas sexuais dos seres humanos. São representadas pelos ovários nas mulheres e pelos testículos nos homens.

Os ovários, sob o comando de outras glândulas como a hipófise e o hipotálamo produzem hormônios como os estrogênios e a progesterona, que são os responsáveis pelo funcionamento harmonioso do ciclo menstrual.

Os testículos produzem a testosterona, responsável pelos caracteres sexuais masculinos.

As disfunções nos ovários vão se manifestar de acordo com a idade em que ocorrem. Se ocorrer um mal funcionamento desta gônadas na infância a menina apresentará atraso ou avanço da puberdade, se ocorrer o distúrbio na fase adulta os sintomas serão irregularidade menstrual e/ou infertilidade.

Podemos citar ainda como disfunção hormonal em mulheres a síndrome dos ovários policísticos, que são uma causa comum de infertilidade e irregularidades menstruais, podendo levar também ao hirsutismo.

Uma outra condição que representa a falência dos ovários é o climatério (popularmente conhecido como menopausa), que apesar de ser uma regressão de funcionamento "natural" dos ovários, pode ocasionar sintomas problemáticos como ondas de calor (fogachos), insônia, atrofia de pele e mucosas e alterações de humor. Além disto, após a menopausa a mulher fica bem mais propensa a fraturas (devidas à osteporose que pode se instalar) e também a doenças cardiovasculares. Nem todas as pacientes necessitam de reposição hormonal após o climatério, porém é conveniente buscar uma orientação médica quando as menstruações começarem a falhar.

Bastante comum também é a tensão pré-menstrual, que às vezes gera alterações psicoemocionais sérias, e para a qual já contamos hoje com alguns recursos terapêuticos.

Quanto aos testículos, também existem os sintomas de mal funcionamento na infância e na fase adulta. Se ocorre disfunção nos meninos estes apresentarão alterações da puberdade. Já em homens, as disfunções testiculares se caracterizam por desânimo, redução na libido e ocasionalmente infertilidade e impotência; existem ainda os casos de andropausa. Portanto se perceber qualquer destes sintomas, ainda que de forma discreta, procure orientação de seu médico.

1