Lendas Urbanas

Variedades - Lendas Urbanas



Quem nunca ouviu a história de que figurinhas de chiclete têm LSD?
E a história do camarada que foi para o motel com uma garota e acordou em
uma banheira cheia de gelo e, quando se deu conta, havia uma cicatriz
enorme nas costas, na altura dos rins? Essa história, inclusive, serviu de
inspiração para um filme.

Essas histórias que infestam a Internet não passam de LENDAS URBANAS,
inventadas às vezes por brincadeira e outras, por má fé.

Você já deve ter recebido algumas destas mensagens abaixo:

Xampu cancerígeno:
diz que a substância LSS (Lauril Sulfato de Sódio) usada em xampus é
cancerígena. É mentira, claro.

Criança com câncer:
Essa é outra mentira deslavada, ainda por cima usando o nome de
instituições como o Hospital Albert Einstein e a Sociedade Americana do
Câncer. Nessa mensagem, pede-se que a envie para o maior número possível de
pessoas, de forma a atender o último desejo da criança que só tem mais seis
meses de vida e que o hospital recompensaria em dinheiro pelo ato.

Receita de biscoito:
É uma história antiga, com várias versões: Uma pessoa teria pedido a
receita de um biscoito de chocolate que havia comido no hotel Waldorf
Astoria de Nova Iorque e acabou sendo cobrado US$ 250,00 em seu cartão de
crédito pela receita e, por vingança, agora pede que a receita seja
divulgada pelo mundo inteiro de graça. A história é uma mentira, mas dizem
que a receita funciona (veja em http://www.bl.net/forwards/cookie.html).

Empresas que financiam o culto do diabo:
A vítima mais recente no Brasil é a Procter & Gamble, fabricante de
produtos como Hipoglós, a linha Vick e o sabão Ariel. A "lenda" diz que o
presidente da empresa teria declarado num programa de televisão nos Estados
Unidos que financia uma Igreja de Satanás. O objetivo é atingir pessoas
religiosas para deixarem de consumir os produtos. Uma sabotagem. A P & G
criou até um site para esclarecer o assunto: http://www.pg.com/rumor/

Virus na Internet:
O alerta sobre o virus Perrin.exe é mais um boato (hoax, em ingles), dentre
tantos que circulam na Internet. Maiores detalhes a respeito estão no site
http://www.symantec.com/avcenter/venc/data/perrin.exe.hoax.html

Correntes e totens da sorte:
Correntes da sorte existem há anos, através do correio tradicional. Ao
contrário do que a mensagem afirma, nenhum raio jamais caiu sobre a sua
cabeça nem nenhum ente querido morreu porque alguém não a passou adiante.
Se você quiser, poderá ler mais sobre lendas urbanas nos endereços
http://www.urbanlegends.com e http://www.chainletters.org/

1