hamsters
REVISTA VIRTUAL E-mail nlmoraes@yahoo.com> Jaboatao - PE. HAMSTERS TUDO SOBRE HAMSTERS COMO CUIDAR DO SEU HAMSTER
O hamster dourado ou sírio(Mesocriteus auratus) vem se tornando muito popular entre os criadores. A primeira informação sobre a existencia deste animal data de 1839, logo apos, ele foi praticamente considerado instinto. So no ano de 1930 é que ele foi novamente reencontrado, desta vez na Síria. Foi capturado uma femea e os 12 filhotes que es- tavam em um ninho a 2,5 m embaixo da terra. Eles foram levados para serem estudados em uma Universidade em Jerusalém, onde se realizou um programa de reproducao. Daí foram enviados para In- glaterra e depois para os Estados Unidos, e se espalharam pelo mundo.
HISTORIA NATURAL
O hamster dourado Ú membro de uma ordem de mamiferos conhe- cido como roedores, o nome Ú por causa dos dentes incisivos que estao localizados bem na frente da boca. Se olharmos em termos de numero de especies, distribuicao geografica e adpatacao a varias condicoes ambientais chegaremos a conclusao que os roedoress sao o maior sucesso entre os mami- feros que habitam o planeta. Os roedores são encontrados em todos os continentes, com excecao da Antartica, o tamanho tambem varia, podemos encontrar roedores de 8 cm ate 1 metro de comprimento (capivara). Podemos encontrar roedores nos desertos, florestas tropica- is, nas planicies, nos cerrados, rios e lagos. Sao aproximada - mente 1500 especies, o hamster faz parte deste grande grupo.
EVOLUÇÃO
Acredita-se que todos os roedores tiveram origem no pe- riodo Terciario da era Cenozoica, aproximadamente ha 54 mi- lhoes de anos. Naquele tempo o primeiro roedor era chamado de PARAMYS e foi deste animal que as especie comecaram a se diferenciarem. O maior roedor que se tem conhecimento viveu no era Pliocenica aproximadamente ha 7 milhoes anos, tinha o tamanho de um Hipopotamo. Mas o sucesso da sobre viven- cia ficou para os pequenos animais que continavam a se mul- plicar e a se adptar as mudanšas geográficas e climáticas.
LOCALIZAÇÃO
Cada especie tem origem geografica diferente e as deno- minacoes das rašas variam de lugar para lugar. Assim o nome cientifico da especie eh a certeza de estarmos falando do mesmo animal. Especie Localizacao geografica Allocricetulus eversmanni Russia e China curtatus Russia e China Calomyscus bailwardi Iran Crecetulus barabensi Russia griseus Russia e China longicaudatus Russia, China e Mongolia migratorius Bulgaria e China lama Tibet Cresetus crisetus Europa e Asia nehringi Europa e Asia Mesocriteus auratus Siria Phodopus sungorus Russia,China e Mongolia roborovsky's Russia Tscherskia triton China
MUTAÇÃO
Todas as especie de animais desenvolvem um processo continuo de adpatacao que chamamos de Mutacao. O modo que este processo se iniciar eh ainda pouco conhecido, mas eh diretamente ligado aos gens do animal. Em condicoes natu- rais este processo eh bem mais lento, todavia quando o a- mal eh criado em cativeiro, este pequenas mudancas podem aparecer em qualquer tempo e em quaisquer animais. A mao do homem, atraves de criacoes e selecoes eh quem tem maior chance de provocar mudancas fisicas nos a- mimais , de modo que eles apresentem melhores indices qua- litativos e quantitativos.
CORES DOS HAMSTERS
Sao 32 cores, porem, duas cores valem especial atencao: albino e preto. O albino pode apresentar duas formas: pele com pigmento escu- ro e pele sem pigmento. O albino puro tem orelhas rosadas e olhos vermelhos, os albinos que apresentacao qualquer sinal de pigmen- tos escuros imediatamente deixam de se considerados albinos pu- ros. Os hamsters que apresentam a pele amarelada sao variedades de outras cores que foram diluidas, tentando reduzir substancialmen- te a quantidade de pigmento para poderem produzir hamsters bran- cos. O hamster preto tem sido objetivo ambicioso dos criadores, mas na verdade, ainda nao foi conseguido. Os hamsters que parecem preto, na verdade sao marrons escuro e cinzentos escuro. Muitos criadores em todo o mundo estao tentando produzir o hamster de cor preta verdadeira, eh so uma questao de tempo e tudo indica que estao perto de conseguir o preto verdadeiro.
ENCICLOPEDIA
- Hamster dourado ou sirio(Mesocriteus auratus); - Ano do descobrimento: 1839; - Primeiro estudo realizado: 1930; - Classe do animal: Roedor; - Numero de especies: 14; - Longevidade: 3 anos ( algumas especeis vivem mais); - Peso: macho 108gramas, femea 120 gramas; - Temperatura anal: 36 - 38 graus; - Periodo de reproducao: continuo; - Periodo de cio: 4 dias; - Periodo de gestacao: 16 dias; - Estado dos nascidos: sem pelos e de olhos fechados; - Idade para iniciar reproducao: 8 semanas; - Numeros de cores da pele: 32.
HABITAT
Os hamsters sao animais de clima semi-arido, porem se adpatam muito bem em areas agricolas, em algumas destas a- rea eles chegam a serem considerados como um problema. Eles tem por habito o fato de estocarem alimentos e isto acarreta prejuizos para os plantadores. Os hamsters tem a mesma caracteristicas dos famosos esquilos, que eh exata- mente a de estocar alimentos. Ja foi encontrado em um ni- nho de hamster um estoque de alimento de 50 Kgs. eh muito mais que um hamster pode consumir em um periodo de 6 meses. Este tipo de comportamento causa transtorno entre os plan- tadores e encaram os hamsters como uma verdadeira peste.
A IDADE DO HAMSTER
A vida de um hamsters nao Ú muito longa, dois ou tres anos. A melhor idade para se adquirir um hamsters Ú com aproximadamen- te seis a dez semanas de vida. Ha algumas dicas que podem ajudar a diferenciar um hamster jovem de um maduro. A primeira coisa fazer eh examinar o tama - nho, se for da mesma raša o jovem deve ser um pouco menor; ou - tra coisa que devemos prestar atencao sao os pelos dentro da o- relhas, pois, o hamster jovem tem pelos muito fino dentro das orelhas; com o envelhecimento os pelos tendem a ficar grossos; finalmente ha o detalhes dos dentes, o hamster jovem tem dentes brancos, ja o hamster maduro tem dentes amarelados. Eh importante reconhecer a idade deste animais, pois se pusermos um hamster muito jovem junto de um maduro, com certeza, vai haver brigas e seguramente o hamster jovem vai sair ferido ou ate morto.
ACOMODAÇÃO
Os tres itens mais importantes na acomodacao dos hamsters são: espašo, ninho e seguranša contra fugas. Gaiolas muitos pequenas afetam o desenvolvimento dos hamsters, o menor tamanho deve ser 52cm comprimento x 26cm de largura e 26cm de altura. A medida do ninho é de 18 cm2. As gaiolas de vidro sao as mais usadas, oferecem segurança contra fugas e permitem uma boa visualizacao dos hamsters. Para evitar que os bichinhos fiquem muitos entediados eh re- comendavel que se fornecam alguns brinquedos, assim , eles se divertem e ao mesmo tempo se exercitam. O material muito usado para cobrir o chao e servir como absorvente eh casca de madeira (maravalha), preste atencao para que a maravalha esteja seca - maravalha umida traz fungos que podem prejudicar os hamsters. Papel de jornal amassado e cortado em tiras tambem eh bom absorvente, tenha certeza que haja em quantidade suficiente para para ficar umido rapidamente.
REPRODUÇÃO
A idade ideal para a femea comecar a reproduzir é em torno da décima-segunda semana, a gestação dura aproximadamente 16 di- as. A femea esta apta para reproducao até 18 meses; o cio apare- ce a cada quatro dias, caso nao haja fecundacao. Os filhotes nascem sem pelo e com os olhos fechados. Os pelos comecam a crescer a partir do terceiro dia e os olhos se a- brem apos 12 dias. Mais algum tempo e os hamsters comecam a se locomoverem e aparecem fora do ninho. Nao mexa nem toque nos filhotes antes de 14 dias de vida, se for necessario toca-los , passe po de serra nas maos para re- mover o cheiro, isto evitara que a mae hamsters perceba o novo cheiro nos bebes e mate os bebes. O nămero de hamster nascido de uma so paricao eh quase sem- pre entre seis e oito filhotes, raras vezes acontece nascerem 14, quando isto acontece a mae hamster elimina alguns dos filho- tes, pois , o seu senso indica que o bom limite eh em torno de seis .
COPROFAGIA
Os roedores praticam um duplo processo de digestao co- nhecido como coprofagia; pode-se comparar com os ruminantes. O alimento parcialmente digerido é expelido pelo anus e imediatamente eh comido pelo o animal. Esta forma de alimento nao deve ser confundido com fezes, pois, eh o processo de diges- tao em andamento. Estes "pallets" sao ricos em vitaminas e devem ser recomi- dos pelo hamster. Portanto, nao se alarme quando ver o seu ani- mal hamsters comendo "fezes". Isto eh uma ocorrencia natural, se o processo for interrompido possilvelmente vai ficar subnu- trido e doente. So remova as fezes da gaiola quando tiver certeza que "as fezes" sao realmente fezes.
TAMANHO
A variedade de tamanho entre os hamsters é algo que nos deixa indecisos no momento de adquirir uns exemplares. O me- nor deles é o Phodopus sungorus, mede entre 5,5cm. e 10,5 cm.. O maior deles Ú o conhecido comum hamster comum, ou seja, Cricetus cricetus, pode chegar ate 34cm., o hamster dourado Ú considerado de tamanho grande chegando a medir 18cm.
A SAUDE DO HAMSTER
Hamsters sao animais noturnos, nao se preocupe se seus hamsters passam o dia durmindo, eles nao estao doentes. A melhor forma de se certificar que o hamster esta pas- sando bem, eh realizar um exame fisico do animal. Comece pelos olhos, estes devem estar limpos e sem corrimentos, o mesmo ocor- re com o nariz, nao pode haver corrimentos. Apos verificar os olhos e o nariz, o proximo passo é e- xaminar a boca. Deve se encontrar limpa, sem sinais de descamação nem restos de alimentos nos dentes incisivos. As orelhas precisam ter aparencia limpa, sem sinais que foram mordidas e sem feridas. Os pes nao devem apresentar feri - das nem sinais de deformacaoes. Finalmente o couro deve estar sem area despeladas, nao ter parasitas (piolhos, carrapatos , etc.) examine principalmen- te a area em baixo da barriga, nesta regiao é onde geralmente aparecem os primeiros problemas.
HOME
1