Nome vulgar

Nome vulgar: BORDALO
Nome científico:
 Rutilus alburnoides agora designado de Squalius alburnoides
Família: Cyprinidae
Ordem: Cypriniformes

 

O bordalo é um peixe de pequenas dimensões, menos de 15 cm, que vive nas bacias hidrográficas do Douro até à do Guadiana. É um endemismo ibérico, ou seja, só existe em Portugal e Espanha. Nas bacias hidrográficas onde existe não se encontra ameaçado e ainda possui uma ampla distribuição, apesar de todas as ameaças, ainda parece ser bastante comum.

Possui corpo comprimido, boca súpera. Linha lateral com trinta e oito a quarenta e cinco escamas. Ossos faríngeos com quatro a cinco dentes.

Trata-se de uma espécie muito interessante do ponto de vista citogenético e biológico em geral. Existem, dois grupos de indivíduos: um diplóide (com cinquenta cromossomas), e outro, triplóide (com setenta e cinco cromossomas), maioritariamente formado por fêmeas. Este último é o mais frequente, colocando, naturalmente, o problema de se esclarecer devidamente a sua forma de reprodução, assunto que se encontra em estudo.

Devido à grande variabilidade genética deste peixe, considera um Complexo e não uma espécie.

O bordalo alimenta-se de insectos e crustáceos. Reproduz-se na Primavera.

 

Squalius alburnoides (Bordalo)