j_esmeraldo
João Esmeraldo
(fundador do morgadio da Lombada dos Esmeraldos)

   
Jennin Esmenaut, nome que viria a aportuguesar para João Esmeraldo, era um flamengo com prováveis ligações à Picardia (Itália), que se instalou em Lisboa, em 1480, na qualidade de funcionário de uma companhia flamenga ligada ao comércio do açúcar da Madeira (Despars). A intensificação da actividade da companhia levou à sua fixação na Madeira, em 1484, como representante daquela empresa.

     Os lucros obtidos no trato do açúcar permitiram-lhe adquirir (aforar), nove anos depois, em 1493, a Lombada ao seu primeiro sesmeiro, o segundo filho de Zarco, Rui Gonçalves da Câmara. A Lombada – então chamada "
lonbada de Ruj Gonçallves de Camara ” – era já naquela época uma grande e rica propriedade onde a cultura da cana de açúcar e a produção açucareira se fazia em larga escala.

     Em 1494 mandou edificar na Lombada umas “
cazas nobres” - o solar – e, anexa àquelas,  a capela do Santo Espírito, tendo dado início à maior casa senhorial da Madeira.

     Pela mesma altura, estava a construir a sua vasta e famosa casa no Funchal, cuja grandiosidade mostrava a riqueza e a importância que pretendia expor.

     Viu reconhecida as suas honras de nobreza e  intitulava-se “
fidalgo da casa d’el-rei”.

     A importância de João Esmeraldo na sociedade madeirense do início do séc. XVI é atestada pelo facto de a sua capela da Lombada, a primitiva capela do Santo Espírito, ter tido a distinção de ser sagrada (benzida), em 1508, pelo bispo D. João Lobo, o primeiro que se deslocou à Ilha – foi o primeiro templo madeirense a obter tal honra.

     A tradição relaciona-o com Cristóvão Colombo, com quem teria ligações próximas no período da estada deste na Madeira. A sua casa no Funchal era popularmente conhecido como “Casa de Colombo”. O navegador teria mesmo pernoitado naqueles aposentos aquando da sua passagem pela Madeira, a caminho da sua 3.ª viagem às Antilhas, em 1498.

     João Esmeraldo, o Velho, faleceu a 19 de Junho de 1536 e é provável que tenha sido sepultado na sua capela da Lombada.
Solar dos Esmeraldos - Lombada
À esquerda, o moinho; à direita, Capela do Santo Espírito
Portão do Solar, encimado por brasão
Brasão de armas dos Esmeraldos, solar da Lombada (séc. XVII)
Casa de João Esmeraldo - Funchal
(gravura séc. XIX)
Casa de João Esmeraldo - Funchal
Parte da fachada e janela manuelina
[
pouco antes de ser demolida (1877)]
João Esmeraldo - O Homem e a Casa
Texto de Apoio/Documentação do
Núcleo Museológico "
A Cidade do Açúcar"
Voltar a Um Olhar pela Ponta do Sol