Cremilda Dentro da Assembléia Legislativa de SP - 11/05/05

Assembléia Popular
Pedagogia nazista
Para a representante do Napa [Cremilda Estella Teixeira], que dá apoio a pais e alunos, a Secretaria da Educação, após 60 anos do final da segunda guerra mundial ainda mantém uma pedagogia nazista que incentiva a delação e ações de coerção.

***

387 dias

Mauro Alves da Silva, da entidade [Comunidade] De Olho na Escola Pública, reclamou que já se passaram 387 dias desde que foram feitas denúncias contra as agressões sofridas por aluno da Escola Estadual Octacílio de Carvalho Lopes sem que a Secretaria Estadual de Educação se manifestasse. O orador também reiterou as denúncias de que está havendo manipulação na eleição dos Conselhos Tutelares. Denúncia que, segundo Mauro Silva, já foi feita ao Ministério Público, mas até o momento sem uma manifestação do órgão.
***

Sem referência

Ao contrário dos pais, o jovem de hoje chegará à idade adulta sem ter uma referência moral e ética. Pois não há um planejamento para criar uma sociedade melhor no futuro. Esta foi a afirmação de Anderson Cruz, do Rotaract Mandaqui que criticou a postura do Secretário de Educação que tem se mostrado uma pessoa fossilizada em suas ações.
***

Saúde e Educação

Laura da Costa, representante da Associação Comunitária da Zona Leste, reclamou que os políticos têm divulgado realizações nas pastas da Saúde e Educação, porém, na prática, não é isto que ela tem observado. Alertou que há notícias de idosos morrendo em filas do INSS, e que o hospital Santa Marcelina, de Itaquera, embora seja “palanque” de muitos políticos, já está com três alas fechadas.
1