NAPA - NÚCLEO DE APOIO AOS PAIS E ALUNOS
Rua Rui Pinto nº 156 - Vila Morse -CEP 05624-100 - S.Paulo -SP - Tel.: (011)3742-3023

NAPA Escreva para o NAPA Vinculado ao Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública

PITÁGORAS NÃO SABIA DE NADA?

 

Assistimos estarrecidas as cenas de violência nos presídios e a notícia de que são coordenados por criminosos do PCC.  O mais lamentável foi o Senador Eduardo Suplicy se apresentar com membro da Comissão dos Direitos Humanos e falar como se fosse oposição.  Temos o maior respeito pelo pessoal dos Direitos Humanos, mas o Senador parece que se esquece que é poder e marido da prefeita de São Paulo. É muito cômodo responsabilizar o sistema, a má distribuição de renda, é até chic, mas não é discurso para o marido da prefeita e Senador tido como reserva moral.  Faça algo para prevenir os próximos 4 anos.

 

É óbvio que os membros do PCC são pessoas extremamente talentosas inteligentes e que usam seus dotes para o mal.  Foram mal canalizadas. Desses a gente não pode esperar mais nada.  Só que estamos fabricando uma nova safra de futuros PCCs a cada ano.  São os adolescentes, a maioria muito pobre sem perspectiva que ficam fora da escola, fora do ensino fundamental.  São os rebeldes, os inteligentes, os difíceis que não aceitam os abusos cometidos pelos maus profissionais do ensino e não ficam feito robô amontoados quietinhos nas aulas vagas enquanto os professores faltam adoidado.

 

Nós do NAPA, Núcleo de Apoio a Pais e Alunos denunciamos, mas não temos o poder da caneta, questionamos o sistema cruel e o corporativismo imoral dos profissionais do ensino.  Quem está no poder tem que resolver.

 

Só para exemplificar, mais lembrando que isso ocorre de modo geral em toda São Paulo, a EMEF Theodomiro Dias no Butantã fechou o 2º turno e no Supletivo a preferência é para alunos com mais de 35 anos.  Adolescente fica de fora.  O professor que dá aula à noite ganha 30% de adicional noturno, por que é que dão preferência a pessoas na faixa dos 40 que dão menos trabalho e são os conformados?

 

Pelo menos conhecemos 5 casos de alunos que estão sem estudar a 8ª série porque são "difíceis".  Não são viciados em droga, são questionadores.  Se abrir vaga no curso noturno para adolescente da 6ª, 7ª e 8ª vão lotar as salas.  São aqueles que desistiram sob livre e espontânea pressão, mas que voltariam.  Porque não transferir o pessoal que já está aposentado ou que aceitariam o período da manhã por mil motivos e abrir vagas para os adolescentes que ainda não estão matriculados na escola do crime?

 

Temos verbas, escolas, alunos e professores.  Porque não fazer uma varredura nas escolas?  Exigir que as EMEFs aceitem de volta os adolescentes que a intolerância e a impunidade expulsou? É só o SME querer e só a prefeita ordenar.  Com uma só canetada ela pode diminuir pela metade a próxima safra de PCCs.  Pitágoras não disse que se educássemos os jovens não precisaríamos punir os adultos?

 

São Paulo, 20 de fevereiro de 2001

Cremilda Estella Teixeira

NAPA - NÚCLEO DE APOIO AOS PAIS E ALUNOS
Rua Rui Pinto nº 156 - Vila Morse -CEP 05624-100 - S.Paulo -SP - Tel.: (011)3742-3023

NAPA Escreva para o NAPA Vinculado ao Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública

 

1