História


| 1837 | 1839 | 1853 | 1854 | 1856 | 1864 | 18661871 | 1874 | 18781881 |
| 1889 | 1904 | 1908 | 19091911 | 1912 | 1914 | 1915 | 1916 | 1917 | 1921 |
| 192219231925 | 1926 | 1928 | 1932 | 1942 | 1943 | 1945 | 1952 | 1960 |
| 1963 | 1976 | 19881990 | 1991 | 1995 |


1837
Fundado o Arraial.
Celebrada a 1ª Missa em Guaxupé na Fazenda Nova Floresta.

1839
Construída a 1ª capela em louvor a Nossa Senhora das Dores, reverenciada no dia 15 de setembro

1853
O Arraial de Guaxupé é elevado para Distrito de Paz, fazendo parte da Jurisdição de São Sebastião do Paraíso (Guardinha).

1854
Elevado a Distrito, promovido da Freguesia, fazendo parte do antigo Termo de Jacuí (São Carlos do Jacuhy).

1856
Criava-se o Curato de Nossa Senhora das Dores, pertencente à Câmara Eclesiástica de Caconde, SP, do Bispado de São Paulo, sendo o primeiro Pároco, Padre João José de Paiva.

1864
Pedido para construção da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, no dia 12 de dezembro, sendo capelão o Padre Luíz Gonzaga Ribeiro.

1866
Criava-se a Paróquia de Guaxupé.

1871
Criação da Sede da Recebedoria de Rendas, para Exportação e Importação de toda a região.

1874
Guaxupé passou a pertencer ao 7º Colégio Eleitoral, com 5 eleitores gerais: Joaquim Costa Monteiro, Joaquim Pedro Leite Ribeiro, Francisco Ricardino Mendes, Geraldo Ribeiro do Valle e Antônio Dias de Almeida.

1878
No dia 12 de novembro, Guaxupé foi desanexada de São Sebastião do Paraíso, e passou a integrar o município de Muzambinho(MG).

1881
No dia 12 de maio de 1881, são libertados todos os escravos da região (portanto, 7 anos e 1 dia antes da Lei Aúrea), em seção solene realizada na Câmara Municipal de Muzambinho, liderados pelo Coronel Manoel Joaquim Ribeiro do Valle (Barão de Guaxupé), com apoio incondicional de todos os abolicionistas, principalmente os guaxupeanos. Foram 202 alforiados de Guaxupé, foram dados todas as condições de se manterem, quer terras, animais, sementes, etc.

1889
Instalava-se a 1ª Agência de Correios de Guaxupé, sendo o agente o Capitão Olímpio Dias Macedo Rolla.

1904
No dia 5 de setembro, fundava-se o Apostolado da Oração (Pia Associação do Coração de Jesus)

1908
Chegou a primeira Locomotiva da Cia. Mogiana de Estrada de Ferro, inaugurando o ramal ferroviário (desativado em 1978).

1909
Fundação da Igreja Ortodoxa de Guaxupé pelo Padre José Elias

1911
No dia 30 de agosto, Guaxupé é elevada a categoria de Vila desmembrando-se de Muzambinho.

1912
Em 1º de junho, estabeleceu-se a Data Magna de Guaxupé, que transformou-se em Município, sendo o 1º mandatário o Coronel Antônio Costa Monteiro.

1914
Fundava-se a Academia de Comércio "São José" pelo Professor José Gonela, no dia 14 de março.

1915
18 de setembro, pela Lei Estadual nº 663 é elevada a foro de Cidade com a crição do Termo Judiário.

1916
No dia 3 de fevereiro cria-se a Diocesse de Guaxupé, mas somente instalou-se no dia 28 de maio o Bispado, com a posse do 1º Bispo, Dom Antônio Augusto de Assis.

1917
Instalação do Termo Judiário, no dia 15 de junho, e para o posto de 1º juiz municipal Dr. Adolfo Bastos de Castro.

1921
Na passagem do ano, realizou-se em Guaxupé o Primeiro Jogo de Futebol Noturno do Brasil, no campo do antigo Seminário São Luíz Gonzaga, entre as equipes XV de Novembro x Academia de Comércio (2X1). (Nota: não se conhece registro de tal evento anterior a este no mundo).

1922
No dia 2 de abril, fundava-se o Asilo "São Vicente de Paulo" (hoje Lar São Vicente);

1923
No dia 15 de dezembro, funda-se a Liga Católica "Jesus Maria José" (uma das primeiras de Minas Gerais), sendo seu primeiro presidente o Conde Ribeiro do Valle.

No dia 8 de novembro foi fundado a ACIG - Associação de Comércio e Indústria de Guaxupé, sendo seu primeiro presidente o Sr. Asdubral Gama.

1925
Cria-se a Comarca e no dia 1º de janeiro de 1926 instalou-se a mesma com a posse do Dr. Eurico da Silva Cunha como 1º Juíz de Direito e do Promotor Dr. Lauro Maciel de Sá.

1926
Fundava-se o Centro Espírita "Nova Era" pelo Capitão Antônio Quirino Peixoto e sua esposa Dª. Guilhermina Peixoto.

1928
No dia 28 de maio foi realizado a primeira partida de futebol internacional de Minas Gerais. Foi entre Associação de Guaxupé x Peñarol do Uruguai (2x1).

1932
No dia 4 de maio foi fundada a Loja Maçônica "Redenção Sul Mineira" sendo o seu primeiro presidente o Sr. José Henrique da Costa (Zé Pelintra).

No dia 1º de julho é inaugurado o Grupo Escolar "Barão de Guaxupé" (Manoel Joaquim Ribeiro do Valle) sendo a primeira diretora a Professora Yolanda Conti Bertoni.

1942
No dia 24 de maio é fundado o Aeroclube de Guaxupé, sendo seu presidente de honra o Dr. Antônio Costa Monteiro e o primeiro presidente Dr. Francisco de Oliveiro Lessa.

1943
Iniciam-se os trabalhos de demolição da antiga e a construção da nova Catedral de Guaxupé pelo bispo diocesano Dom Hugo Bressame de Araújo ( Nota: a Catedral de Guaxupé é considerada a 5ª da América do Sul em tamanho)

1945
No dia 10 de maio, foi celebrado a primeira missa na cripta da nova catedral, pelo Bispo Diocesano, Dom Hugo Bressame de Araújo (Corpus Christi).

1952
Primeira Festa das Orquídeas a nível nacional.

1960
Conclusão de todas as obras de construção da nova Catedral de Guaxupé e consagração por Frei Dom Inácio João Dal Monte ( 4º Bispo de Guaxupé).

1963
No dia 29 de maio, foi sepultado na cripta da Catedral de Guaxupé o frei D. Inácio Dal Monte.

1976
No dia 8 de janeiro, constitui-se a AMOG - Associação dos Municípios da Micro Região da Baixa Mogiana, com sede em Guaxupé, tendo seu primeiro presidente o Sr. Walmor Álvaro Toledo Russo (prefeito de Guaxupé).

1988
No dia 11 de novembro inaugurava-se o Terminal Rodoviário "Salvio Calicchio".
Em dezembro, inaugurava-se o Ginásio Polisportivo de Guaxupé.

1990
No dia primeiro de junho é criada a Casa da Cultura, Espaço Cultural "Dr. José Ribeiro do Valle" (Dr. Juquita)

1991
É criada a primeira Junta de Conciliação e Julgamento da Justiça do Trabalho 3ª Região de Minas Gerais, abrangendo 10 cidades : Arceburgo, Guaranésia, Guaxupé, Itamogi, Juruaia, Monte Santo de Minas, Muzambinho, Nova Rezende, Monte Belo e São Pedro da União, tendo o primeiro Juíz Presidente o Dr. Francisco Antônio Romanelli.

Cria-se a 2ª Vara da Comarca de Guaxupé, tendo sido seu primeiro juíz titular o Dr. Hélio Ribeiro Landi.

1995
Foi criado o Juizado Informal de Pequenas Causas, substituídos no ano seguinte pelos Juizados Cíveis e Criminais, graças à nº 9.099/95.


voltarVoltar

1