:: Home
:: A Banda
:: Biografia
:: Discografia
:: Fotos
:: Músicas
:: Vídeos
:: Notícias
:: Agenda
:: Carreira Solo
:: E-mail


 

Compre os cd´s dos
Titãs no Submarino

 

 

 

Marcelo Fromer
1961 - 2001


Membro fundador dos Titãs, Marcelo Fromer nasceu em São Paulo no dia 3 de dezembro de 1961. Interessado por música desde a adolescência (começou a tocar violão aos 14 anos, tendo aulas com Luiz Tatit, na época do grupo Rumo), era aficcionado por bossa nova e MPB até conhecer, enquanto cursava o ensino médio, Nando Reis e Branco Mello. Fromer, que também tinha interesse por artes cênicas (chegou a apresentar uma canção para uma peça de José Celso Martinez Correia, em 1981), resolveu-se pela música ao conhecer os Nando e Branco. Os três futuros titãs logo conheceriam, em atividades extra-curriculares, os outros rapazes que formariam o grupo (Arnaldo Antunes, Toni Bellotto, Paulo Miklos e Sérgio Britto - Charles Gavin só juntaria a eles em 1984), e Marcelo formaria em 1980, junto a Branco e Bellotto, o Trio Mamão - embrião dos Titãs na primeira fase. Também integrou na mesma época, ao lado de Fernando Salém, a banda Maldade.

Nascido em 1981 com o nome de Titãs do Iê-Iê-Iê, o grupo contava com Fromer, Nando, Britto, Arnaldo, Paulo, Bellotto, o recém-incorporado Branco e ainda Ciro Pessoa (mais tarde, fundador do Cabine C e um dos compositores de Sonífera Ilha) e André Jung (futuro baterista do Ira!). Ciro deixou o grupo antes do sucesso inicial com o primeiro disco, Titãs , em 1984, quando já não eram mais "do Iê-Iê-Iê". O resto é história: o grupo estourou mesmo com o som agressivo e eclético de Cabeça Dinossauro (86), sofisticou-se mais em Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (87) e Ó Blésq Blom (89) e partiu para o grunge nos incompreendidos (e mal-sucedidos) Tudo ao Mesmo Tempo Agora (91) e Titanomaquia (93, já sem Arnaldo Antunes). Reencontrariam o pop com Domingo (95) e também o sucesso, com a trinca de best-sellers Acústico MTV (97), Volume 2 (98) e As Dez Mais (99).

Mesmo não tendo o mesmo destaque que os vocalistas Branco, Arnaldo, Miklos, Nando e Britto, Marcelo Fromer foi peça fundamental na construcão do som da banda. Eficaz como guitarrista e eclético como compositor, ele podia passar num mesmo disco - no caso, Televisão, de 1985 - do pop desencanado (Tudo Vai Passar) ao hardcore agressivo (Massacre). Sucessos do grupo como Aa Uu, Homem Primata, Comida, Lugar Nenhum, Desordem e O Pulso tiveram sua participação no processo de composição. Em especial, o peso de Jesus Não Tem Dentes... deve-se muito a Fromer, que gostava de fazer parcerias com o outro guitarrista Toni Bellotto. Sua atuação como produtor foi decisiva para a guinada grunge que o grupo deu em Tudo ao Mesmo... - o disco foi gravado em seu estúdio particular. Junto a Bellotto, compôs grande parte do repertório que os Titãs começariam a gravar nesta semana para o 13º disco da banda.

Depois da superexposição que tiveram entre 1996 e 2000, o grupo resolveu tirar férias e cada um perseguiu seus projetos particulares. Fromer mudou-se para Portugal com a então mulher Ana Cristina e os quatro filhos, e aprofundou-se em duas paixões paralelas à música: o futebol e a gastronomia. Em 1994, junto a Nando Reis, escreveu uma coluna sobre futebol na Folha de São Paulo durante a Copa do Mundo dos EUA, e não parou mais: mantinha colaborações regulares em jornais e revistas, sempre falando de futebol, e chegou a apresentar um programa esportivo na MTV. Seu último projeto na área era uma biografia do jogador Casagrande, ex-ídolo do Corínthians e seu amigo pessoal.

Em 1999, editou seu primeiro livro, Você Tem Fome de Quê?, dando dicas, receitas e comentando restauramtes que conheceu ao redor do Brasil em viagens com os Titãs. Além disso, mantinha no jornal O Estado de São Paulo uma coluna semanal sobre gastronomia, e preparava-se para iniciar um outro livro, desta vez sobre a chef do Palácio da Alvorada, Roberta Sudbrack. Além disso, tinha planos de lançar um selo especializado em relançamentos e descoberta de novos talentos da música brega, uma de suas manias.

Fromer, 39, deixou quatro filhos - Susy, Max, Alice e Mila. Susy é filha do primeiro casamento do músico e Mila é filha da sua segunda ex-mulher Ana Cristina Martineli, que mora com as crianças em Cascais, em Portugal.

- veja reprodução da carta para a imprensa -

- ouça Branco Mello lendo o cumunicado sobre a morte -

 

 

 
HOME | A BANDA | BIOGRAFIA | DISCOGRAFIA | FOTOS | MÚSICAS | VÍDEOS
NOTÍCIAS | AGENDA | CARREIRA SOLO | E-MAIL
1