HOME
Criação : Teruhiko Saito / Itairen Tarou
Nome original : Oraa Guzura Dado
Ano : 1967, P&B, 88 episódios
Produtora : Tatsunoko
Exibido no Brasil entre 74/79
Emissora : Record
Distribuição : Transglobal
Versão Brasileira : Cinecastro

Alguns Personagens : Guzula, Papai, Honda, Suzuko e Charara
Guzula é adotado por uma família, morando num barracão ao lado. Por ser uma mistura de Godzilla com... algo um pouco mais inteligente que um funcionário público, Guzula cospe fogo, come ferro e cria as confusões de praxe. Mais tarde aparece Charara, uma monstrinha como ele mas que deve permanecer escondida. Senão, ambos vão pra rua! Com toda razão! Comentário: Guzula começou a ser publicado na revista mensal Shonen Sunday em 1967, muito antes da revista passar a ser semanal. Sua primeira versão para a televisão brasileira foi ao ar em 1971 e quase sumiu no meio de tantos desenhos americanos. Por ter uma história meio absurda, um monstro morando com uma família, Guzula chamou a atenção da molecada da época (já que o cavalo Mister Ed também abordava o mesmo problema). Outro fator interessante foi a presença de um dublador histérico (o mesmo que dublava o Moe dos Três Patetas) que fazia o pai do menino, perseguidor assíduo de Guzula. Frase manjada do desenho, bordão da época: "Guzula está aquiiiiii!" Em 1993, Guzula seria reprisado com o nome de Binsky (...).

(José Roberto Pereira)

1